O que é a Gestão TURNAROUND?

O que é a Gestão TURNAROUND?

A gestão turnaround é uma abordagem gerencial utilizada para reverter a situação de uma empresa em crise, que está em um momento de declínio financeiro ou operacional.

O objetivo é restaurar a empresa para um estado de saúde financeira e operacional sustentável.

Envolve a avaliação da situação atual da empresa, identificação das principais causas dos problemas enfrentados e desenvolvimento de um plano estratégico para reverter a situação.

Isso pode incluir mudanças no modelo de negócios, redução de custos, venda de ativos não essenciais, reestruturação de dívidas, revisão de processos e estrutura organizacional, entre outras medidas.

Além disso, a gestão turnaround também exige a implementação de uma cultura de mudança e comprometimento com o sucesso.

Isso significa que a liderança deve estar disposta a tomar decisões difíceis e assumir riscos para alcançar os objetivos estabelecidos.

Este processo pode ser desafiador e exigir muita habilidade e experiência por parte da equipe responsável.

No entanto, se bem executado, pode ser uma oportunidade para transformar a empresa e alcançar resultados positivos a longo prazo.

É geralmente conduzida por um gestor especializado em reestruturação de empresas, que pode ser um consultor externo ou um executivo interno com experiência em lidar com crises.

Esse gestor é responsável por liderar a equipe que implementará as mudanças necessárias para reverter a situação da empresa.

O primeiro passo na gestão turnaround é a análise cuidadosa da situação financeira e operacional da empresa.

Isso envolve avaliar a estrutura organizacional, identificar pontos fortes e fracos, entender a situação financeira, analisar o mercado em que a empresa opera e identificar oportunidades e ameaças.

Com base nessa análise, o gestor desenvolve um plano de ação que aborda os principais problemas identificados.

Esse plano pode incluir medidas como redução de custos, venda de ativos não essenciais, renegociação de dívidas, revisão de processos e estrutura organizacional, desenvolvimento de novos produtos ou serviços, entre outras ações.

A implementação do plano de ação requer um forte comprometimento da equipe de liderança e dos funcionários da empresa.

Isso pode incluir a necessidade de mudanças culturais para garantir que todos estejam trabalhando em conjunto para atingir os objetivos estabelecidos.

Geralmente leva algum tempo para ser concluída, podendo variar de alguns meses a vários anos, dependendo da gravidade da situação da empresa.

Durante esse período, é importante monitorar regularmente os resultados e fazer ajustes no plano de ação, se necessário.

É portanto, um processo de reestruturação de empresas em crise, que exige uma abordagem analítica, habilidades de liderança, comprometimento e ação decisiva.

Quando executado com sucesso, pode levar a uma transformação positiva da empresa e a resultados financeiros e operacionais sustentáveis.

Carlos Vasques
Diretor de Projetos em Procurement Transformation & Supply Chain | Procurement Garage | + posts
spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e parcerias estratégicas

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e...

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização Eu tenho...

A importância do Compliance em Compras

A importância do Compliance em Compras Antes de iniciar esta...

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de Compras!

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de...
spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui