O que é SLA e qual sua importância?

O que é SLA e qual sua importância?

Confira o que é SLA e como aplicá-lo para cada tipo de projeto na área de compras em uma empresa.

SLA é o prazo acordado entre duas partes para a conclusão de uma tarefa. A sigla do que é SLA vem do inglês Service Level Agreement, que se refere a um acordo de nível de serviço. Na área de compras, a nomenclatura é muito utilizada para determinar o prazo de conclusão de uma requisição de sourcing.

Você vai conferir abaixo como cada SLA se aplica a diferentes tipos de projetos e como escolher o melhor tipo de requisição.

Quais os tipos de projeto para diferentes SLA’s?

Para cada tipo de projeto, há um SLA específico. Confira alguns deles:

  • Projeto Express ou Pontual – SLA 25 dias

São requisições de baixo valor monetário e complexidade reduzida no escopo. Trata-se de um perfil de solicitação que não requer muita análise nem critério para a contratação.

Esse tipo de projeto costuma ter o mercado fornecedor já conhecido. Com isso, o mínimo de três cotações tecnicamente equalizadas e uma concorrência direta são medidas necessárias para concluir a negociação.

  • Projeto Estratégico de baixa complexidade ou Tático – SLA 70 dias

São requisições de médio valor monetário e que possuem um nível médio de execução. É possível que seja necessário o mapeamento do mercado fornecedor e a execução de uma RFI (Request For Information). Para este tipo de projeto, também pode haver o alinhamento técnico do escopo.

  • Projeto Estratégico de alta complexidade – SLA 120 dias

Envolve requisições de alto valor monetário, que têm um nível elevado de complexidade de execução. Neste caso, todas as etapas do Strategic Sourcing são necessárias: Planejamento, Mapeamento do Mercado Fornecedor, RFI, Construção detalhada do escopo de fornecimento, RFP, apresentação de todo o sourcing e aprovação da diretoria.

Como saber qual SLA utilizar

Os exemplos mencionados acima sobre o que é SLA se referem a padrões utilizados em grandes companhias. Porém, vale a pena verificar na sua empresa quais são os SLA’s corretos para cada tipo de demanda.

Para entender bem a necessidade da escolha correta, vamos utilizar um exemplo do dia a dia. Imagine que, ao pedir uma pizza, você é surpreendido com o prazo de entrega de uma semana. Você provavelmente ficaria indignado e escolheria outra pizzaria para fazer o seu pedido, certo?

Porém, ao comprar um carro zero quilômetro, é normal aceitar o prazo de uma semana para a entrega do veículo. Percebeu a diferença da demanda? É o tipo da requisição que vai determinar o prazo do trabalho.

Conclusão

Agora que você entende o que é SLA, pode compreender que a classificação correta para cada tipo de projeto trará harmonia entre as áreas. Afinal, o tempo utilizado para a conclusão do trabalho será justo para ambos os lados. E como diz o ditado “o combinado não sai caro”.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

spot_img

MAIS ARTIGOS

14 Critérios essenciais para a correta seleção de um...

14 Critérios essenciais para a correta seleção de um software de E-procurement 01 - Full...

As 10 competências essenciais do profissional de compras

As 10 competências essenciais do profissional de compras No último Fórum Econômico Mundial realizado em...

Procurement e o 5G?

Procurement e o 5G? O 5G permite que as empresas executem operações com mais eficiência,...

Tendências inovadoras em tecnologia para as Cadeias de Suprimentos

Tendências inovadoras em tecnologia para as Cadeias de Suprimentos Conheça as tendências inovadoras em tecnologia...

Revenue Management – Gestão de Rentabilidade – Receitas

Revenue Management - Gestão de Rentabilidade - Receitas Pesquisas que integram preços e gestão de...

ESG em Procurement?

ESG em Procurement? Afinal, como devemos abraçar e fazer acontecer? 15 tópicos importantes para...

MAIS ACESSADOS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui