Como tornar sua rede de fornecedores mais diversa e inclusiva?

Como tornar sua rede de fornecedores mais diversa e inclusiva?

Você já parou para pensar em como está a sua rede de fornecedores? É uma rede
diversa e inclusiva? Sabia que as empresas estão valorizando profissionais de Compras que se importam com responsabilidade social e reavaliam a rede de
fornecedores?

Pois é exatamente disso que nós vamos falar. Diversidade, Equidade e Inclusão são pautas de todas as médias e grandes empresas na atualidade. E você já pensou em trabalhar DE&I na sua rede de fornecedores?

Como a empresa pode implementar o DE&I na rede de fornecedores?

O DE&I pode ser definido como os esforços deliberados empreendidos por uma empresa para incorporar uma variedade de fornecedores, parceiros e partes interessadas de diferentes origens e grupos sub-representados. Isto inclui considerar fatores como raça, gênero, etnia entre outros.

Uma cadeia de fornecedores diversificada e inclusiva deve promover ativamente a igualdade de oportunidades. E esse deve ser o objetivo comum.

Conversando com parceiros dentro e fora do Brasil, trouxe neste artigo algumas ideias para reflexão e ações dentro de sua empresa.

Avalie o status atual dos fornecedores

Trabalhar com fornecedores diversos é um passo inicial essencial para práticas inclusivas. Os compradores e as partes interessadas no processo de aquisição e no programa de DE&I podem influenciar as políticas e práticas para avançar ativamente com iniciativas de diversidade de fornecedores, focando no aumento da participação de fornecedores que tradicionalmente têm sido sub-representados.

Para isso, verifique todos os fornecedores atuais e identifique que fornecedores atuais podem ser diversos, mas que ainda não são considerados nos processos e avalie/anote que fornecedores são potencialmente diversos (por exemplo, pequenas empresas, negócios de minorias ou de liderança feminina).

Revise os processos de contratação

Quanto mais específico você for ao definir seu pedido de compras, melhor. Por exemplo, se busca a diversidade de fornecedores para contratar empresas pertencentes a mulheres ou a grupos minoritários, estabeleça uma (nova) forma de avaliar o fornecedor por tipo de produto/serviço ou categoria.

Assuma um posicionamento ético

Contrate fornecedores que cumpram padrões éticos, tratando os colaboradores de forma justa e promovendo práticas sustentáveis em toda a cadeia.

Empresa global, contratação local

Se a sua empresa trabalha com contratos globais, como agir no caso? Apresente para a sua empresa as vantagens reais de um fornecedor local e da valorização e reputação da sua empresa na contratação dessa rede local e diversa.

Nesse caso, é vital criar um escopo de trabalho para apresentar ao time global e criar uma visão compartilhada de como irão trabalhar localmente para o desenvolvimento econômico e impacto social relevantes.

Estabeleça colaboração e parcerias

A construção de redes de fornecedores diversificadas e inclusivas requer a colaboração entre todas as partes interessadas. É necessário estabelecer parcerias com diversos fornecedores e organizações locais para impulsionar mudanças positivas, partilhar melhores práticas e promover a inovação.

Treine o seu time e a liderança

A promoção do DE&I requer programas contínuos de educação e formação. Para que funcione bem, as empresas devem fornecer treinamentos para colaboradores para aumento da consciência e compreensão sobre a importância do DE&I, garantindo a sensibilização e aumentando as oportunidades.

Crie métricas para DE&I

Estabelecer indicadores relacionados com a DE&I vai garantir o comprometimento do time com os resultados.

Desenvolva Políticas de Diversidade de fornecedores

Para se comprometer de verdade com DE&I, é fundamental criar uma Política de Diversidade de fornecedores clara para que todo o time de Compras e Procurement esteja atento.

Promova o desenvolvimento contínuo

A construção de uma rede inclusiva é um processo contínuo. As empresas devem se comprometer a avaliar e aperfeiçoar continuamente as suas estratégias, políticas e práticas para promover a DE&I em todos os níveis da cadeia.

Benefícios de rede de fornecedores mais diversa e inclusiva

Uma rede diversificada e inclusiva estimula o crescimento econômico e sustentável e a geração de emprego em grupos sub-representados. Para os líderes da empresa, é fundamental entender que uma rede diversa é também é uma ótima maneira de aumentar o desempenho dos negócios por meio de:

  • Maior inovação e criatividade, à medida que diversas perspectivas e experiências trazem ideias novas para a mesa.
  • Melhor compreensão e conexão com os clientes, aproveitando uma gama mais ampla de insights.
  • Melhor reputação, imagem de marca e compromisso real com DE&I.
  • Ajudar a atrair novos talentos no recrutamento para uma empresa

Inclusão na cadeia de fornecedores significa que a organização inclui fornecedores diversos em com as mesmas oportunidades de concorrência, licitação, concede negócios a fornecedores diversos e apoia o sucesso desses fornecedores.

A diversidade de fornecedores pode se tornar a grande chave do sucesso de qualquer organização, ajudando as empresas a obter produtos e serviços de forma ética e eficiente, ao mesmo tempo que mantêm os lucros, aumentam os clientes, melhoram a economia e incentivam a inovação.

Pense nisso na próxima vez que for contratar fornecedores.

CEO Fala Company | Master Coach | Especialista LinkedIn | + posts

Vera Lorenzo, CEO da Fala Company, é fluente em cinco idiomas e especialista em Coaching e Liderança, com mais de 30 anos de atuação. Mestre em oratória, possui cinco formações internacionais em Coaching, além de expertise em Storytelling, Design Thinking, Voice Coach, PNL e Assessment DISC + Valores. Vera também é autora dos livros “50 Coisas para Fazer Antes dos 50” e “Mulheres que Transformam I e II”.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img
Vera Lorenzo
Vera Lorenzo
Vera Lorenzo, CEO da Fala Company, é fluente em cinco idiomas e especialista em Coaching e Liderança, com mais de 30 anos de atuação. Mestre em oratória, possui cinco formações internacionais em Coaching, além de expertise em Storytelling, Design Thinking, Voice Coach, PNL e Assessment DISC + Valores. Vera também é autora dos livros “50 Coisas para Fazer Antes dos 50” e “Mulheres que Transformam I e II”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui