SRM: eu sei o meu lugar?

Supplier Relationship Management – SRM – Eu sei o meu lugar?

O termo SRM vem do inglês Supplier Relationship Management, ou Gestão do Relacionamento com Fornecedores.

A arte de lidar com fornecedores e se identificar como cliente não é meramente orientada no tratamento e bons modos em si.

Óbvio que a persuasão, a inteligência emocional, a perspicácia e obviamente a educação em todo processo contam muito e são vitais para um possível sucesso em atendimento as necessidades de sua corporação.

Entretanto, quando falamos de SRM, estamos muito além disso. A pergunta é: Sou capaz de identificar meu lugar no mercado para ações objetivas, pertinentes e que me levem a um bom resultado?

A boa e velha SRM Supply Risk Impact, ou seja, uma Matriz de Risco de Fornecimentos versus o Impacto no Lucro das empresas são uma simples e efetiva ferramenta inicial para avaliar sua exposição no mercado, alianças necessárias, ações específicas, categorias a serem priorizadas, assim como entender como se portar em negociações com fornecedores gigantes, principalmente aqueles muito maiores que seus clientes.

Estratégia é tudo, mas somente se aplicada de forma que os esforços sejam corretamente aplicados, ou seja, sem exageros onde não há o que ganhar, ou falta de iniciativas onde há grandes oportunidades.

supply risk - Blog Na Garage

Escrevo esse artigo em 7 de fevereiro de 2022, e um dos motivadores foi o excelente artigo do meu mestre Léo Alexander no LinkedIn falando sobre a importância de uma segunda matriz, também vital para esse processo: Matriz Kraljic.

O rico material é explicativo por si só, e desde 1983 vem auxiliando os profissionais da área e simplesmente não cai em desuso.

post matriz krajic post - Blog Na Garage

Tendo passado pelas matrizes, muito importante enfatizar que quem não é visto não é lembrado.

O SRM passa sim pelas questões levantadas no primeiro parágrafo. Não adianta viver em pé de guerra com os fornecedores, e querer ser priorizado em tempos de pandemia. É levar para o profissional aquelas premissas do pessoal.

Ao passo que você não deve se acuar e recuar com o tamanho de sua empresa e o que tem a oferecer.

Entender se está se aliando ao fornecedor certo, se realmente não podemos considerar a aquisição de distribuidores, e até mesmo checar com os envolvidos se o custo mais baixo é realmente o drive a ser seguido, são outros pontos a se levantar e se perguntar (e responder) para um desenho de estratégia.

Não há fórmula pronta e cada área de Procurement sabe de suas dores, mas como nosso mercado é generoso em dividir nossos problemas e conhecimentos, as práticas de SRM estão aí para serem abraçadas.

O lucro, o sucesso ou o fracasso de uma corporação certamente passaram pela sua Gestão de Fornecedores.

Gerente de Categorias | + posts

Profissional com +de 16 anos de carreira desenvolvida nas áreas de Supply Chain e Procurement em diferentes indústrias tais como Aerospace, Oil&Gas, Química e Tintas. Sólida experiência em Gestão de Equipes, Negociação, Geração de Savings, TCO, Strategic Sourcing, Desenvolvimento de Fornecedores Locais e Internacionais, Auditorias e Comércio Exterior.
Vivência em processos de importação e atuação em empresas de diferentes portes e segmentos, como aerospace, petróleo e gás, química e coatings.

 

 

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Você já ouviu falar sobre o Efeito Dominó em Compras?

Você já ouviu falar sobre o Efeito Dominó em...

Mindset dos Vendedores em Relação aos Compradores Profissionais

Mindset dos Vendedores em Relação aos Compradores Profissionais: Um...

A Importância do Change Management na Transformação Digital de Procurement

A Importância do change management na transformação digital de...

5 principais irregularidades encontradas durante a fiscalização de contratos e como mitigá-las

5 principais irregularidades encontradas durante a fiscalização de contratos...

Aplicando o Kanban em Procurement!

Aplicando o Kanban em Procurement! Um guia para otimizar...
spot_imgspot_img
Raphael Soares
Raphael Soares
Profissional com +de 16 anos de carreira desenvolvida nas áreas de Supply Chain e Procurement em diferentes indústrias tais como Aerospace, Oil&Gas, Química e Tintas. Sólida experiência em Gestão de Equipes, Negociação, Geração de Savings, TCO, Strategic Sourcing, Desenvolvimento de Fornecedores Locais e Internacionais, Auditorias e Comércio Exterior. Vivência em processos de importação e atuação em empresas de diferentes portes e segmentos, como aerospace, petróleo e gás, química e coatings.    

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui