Comprador, quem te compra?

Comprador, quem te compra?

Comprar parece já estar no sangue do comprador. Mas a pergunta que fica é: se você sabe comprar, sabe também se vender?

Para isso, precisamos entender o que faz também um grande “vendedor” da sua própria história quando precisa se vender numa entrevista.

Será que você consegue contar e explicar por que é a melhor “compra”?

Você já sabe que o processo de compra é um gargalo na maioria das empresas. Muitas vezes, é burocrático, demorado. O que um comprador tem de habilidades e histórias que podem ajudar a se destacar?

A “venda” do comprador no mercado de trabalho é estratégica: fundamental entender a cabeça do “comprador” do seu passe.

Portanto, esteja atento em rodas de networking e entrevistas para um novo desafio:

1 – Fale de números

Números vendem e números e percentagens que refletem economia são lembrados mesmo depois da entrevista.

Traga números que conquistou durante sua história como comprador. Mostre suas “credenciais” de bom comprador nas empresas onde trabalhou e desafios que enfrentou para reduzir valores e ampliar fornecedores.

2 – Encante

Quem vende, precisa encantar. Quando se está do outro lado da mesa, é preciso entender o olhar de quem te compra, criar o famoso rapport e buscar referências em comum. Que tal buscar contatos em comum que possam falar de sua carreira, dos seus pontos altos, citar suas grandes “compras” e parcerias?

Trazendo essas informações para o momento de entrevista, você demonstra que estudou a pessoa, se interessou pelo que faz e quem conhece e, finalmente, consegue estreitar mais o relacionamento.

Como dizemos hoje em dia: encantar é sobre isso.

3 – Comunique o que deseja

Clareza na comunicação é essencial, pois facilita o entendimento do “comprador” e suas necessidades. Neste caso, a figura do comprador é quem entrevista você e quer te contratar.

Não adianta você vender laranja se a empresa que contrata você quer comprar banana e pera.  Às vezes podem até ter a mesma cor, textura e aparência, mas o sabor é diferente.

Você, nesta posição como “vendedor” precisa criar uma relação direta e próxima. Isso exige um nível de comunicação que gere empatia. Envolver o “comprador” com as “frutas” que ele procura.

O entrevistador deve sentir que existe um especialista do outro lado da tela, da linha ou da mesa que entende do que fala e cuidará muito bem de seus novos desafios.

Se todos esses pontos estiverem claros e entendidos, pode ter certeza de que sua venda será assertiva.

E isto significa que assimilou o conceito de negociação ganha-ganha dentro do processo de contratação.

O ganha-ganha não é apenas importante no dia a dia do trabalho. É essencial aplicar na autopromoção – de um bom trabalho realizado – para que você alcance, definitivamente, seus objetivos profissionais.

 

 

CEO Fala Company | Master Coach | Especialista LinkedIn | + posts

Vera Lorenzo, CEO da Fala Company, é fluente em cinco idiomas e especialista em Coaching e Liderança, com mais de 30 anos de atuação. Mestre em oratória, possui cinco formações internacionais em Coaching, além de expertise em Storytelling, Design Thinking, Voice Coach, PNL e Assessment DISC + Valores. Vera também é autora dos livros “50 Coisas para Fazer Antes dos 50” e “Mulheres que Transformam I e II”.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Entrevista com Ramon Farias

Entrevista com Ramon Farias O Blog na Garage entrevistou o...

Recursos Humanos e a Evolução do ESG

Recursos Humanos e a Evolução do ESG Você já se...

Não economize em sua carreira

Não economize em sua carreira Profissional de compras, o ano...

A Importância Vital de um CPO para o Sucesso em Procurement

A Importância Vital de um CPO para o Sucesso...
spot_imgspot_img
Vera Lorenzo
Vera Lorenzo
Vera Lorenzo, CEO da Fala Company, é fluente em cinco idiomas e especialista em Coaching e Liderança, com mais de 30 anos de atuação. Mestre em oratória, possui cinco formações internacionais em Coaching, além de expertise em Storytelling, Design Thinking, Voice Coach, PNL e Assessment DISC + Valores. Vera também é autora dos livros “50 Coisas para Fazer Antes dos 50” e “Mulheres que Transformam I e II”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui