Os Desafios Geopolíticos para Suprimentos em 2022

Os Desafios Geopolíticos para Suprimentos em 2022

Está chegando um novo ano e, naturalmente, as esperanças se renovam.

No mundo dos negócios é chegada a hora de planejar a estratégia de compras, perceber riscos e oportunidades.

Certamente, se preparar para o futuro requer primeiramente reconhecer erros e acertos do passado, e além disso, estar atento aos desafios visíveis e não visíveis.

Do ponto de vista do comprador, desde 2020 o mundo parece muito mais complexo e incerto do que aquele que se apresentava até então.

Para 2022 o cenário não se apresenta tão diferente.

A cada dia, novas notícias surgem sobre variantes da COVID-19 impactando a rotina de fornecedores e a toda cadeia logística global.

Somado à pandemia, as incertezas econômicas na Europa também afligem o mercado internacional.

O Brexit continua sendo uma fonte de instabilidade política e econômica entre Reino Unido e a CEE.

Além disso, as cisões entre Rússia e Ucrânia são fontes constantes de preocupação para europeus e asiáticos.

E não podemos deixar de mencionar a incerta relação comercial entre EUA e China que vem impactando diretamente os preços das principais commodities e seus derivados.

As duas maiores potências mundiais estão divergindo não somente sobre às práticas de comércio internacional, mas também em questões como direitos humanos, regulação da internet e ciberataques.

Outros dos assuntos relevantes que devem estar na pauta de Suprimentos são aqueles relacionados ao ESG (Environmental, Social and Governance), cada vez mais presentes nas seleções de fornecedores.

O setor de compras precisa começar a monitorar os fornecedores em todos os níveis da cadeia de suprimentos para assegurar quaisquer desvios futuros nesses três pilares.

A mensagem principal é que toda essa instabilidade geopolítica devido à atmosfera pandêmica que ainda se mantém, a área de Compras deverá ser capaz de antecipar-se aos desafios que se apresentarão, de forma que suas empresas não sofram impactos financeiros ou de demanda.

Ao compreender melhor o macroambiente, sendo capaz de planejar com antecedência e se preparar para mitigar riscos, o setor de Suprimentos ganha cada vez mais destaque e relevância para suas empresas.

Leonardo Rosa
Executivo de Supply Chain com especialização em projetos de Petróleo e Gás, projeto em MBA de Gestão de Suprimentos, Logística e Supply Chain e Mentor de Carreira para Profissionais de Compras.

ARTIGOS RELACIONADOS

spot_img

MAIS ARTIGOS

Quem realmente escolhe um trabalho de compras?

Quem realmente escolhe um trabalho de compras? Em que momento algum orientador de carreiras se...

7 Steps in Creating a Project Procurement Management Plan

7 Steps in Creating a Project Procurement Management Plan 1. Define Roles, Terms, and Agreements In...

Gerenciamento de Contratos – Processos e práticas

Gerenciamento de Contratos - Processos e práticas Acredito que é possível medir a maturidade de...

Fazendo um curriculum vitae em inglês para Procurement

Fazendo um curriculum vitae em inglês para Procurement Em primeiro lugar você deve aplicar para...

Procurement Fora da Caixa

Procurement Fora da Caixa Está na hora de os profissionais de compras analisarem todas as...

ESG é Moda? ESG em Procurement não existe?

ESG é Moda? ESG em Procurement não existe? A resposta para as 2 perguntas é...

MAIS ACESSADOS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui