Qual a diferença entre TOTAL COST OF OWNERSHIP e COST BREAKDOWN?

Qual a diferença entre TOTAL COST OF OWNERSHIP e COST BREAKDOWN?

TOTAL COST OF OWNERSHIP (TCO)

É uma técnica de análises de custos que avalia o Ciclo de Vida do Produto e auxilia o setor de compras na tomada de decisão mediante a análise dos custos mais relevantes envolvidos na Cadeia Logística e de Abastecimento, tanto de Produtos como Serviços.

Pode ser resumidamente considerado como uma estimativa financeira usada para calcular os custos diretos e indiretos associados à compra ou de um bem ao longo do tempo.

Ao utilizar o TCO, o Comprador está avaliando em detalhe cada etapa do processo, desde os custos de propriedade que podem ser facilmente identificados (valor da aquisição, impostos, taxas, seguro, etc.), como também aqueles que estão atrelados ao processo de entrega do produto até o destino, somado aos valores relacionados ao deslocamento de pessoal, equipamentos e facilities, por exemplo, até o local de prestação de serviço.

Outros custos relevantes podem ser percebidos através do TCO, como os custos de armazenamento, recebimento, funcionários para acompanhamento (HH), entre outros.

A principal função do Comprador é analisar macroscopicamente todos os custos envolvidos no processo de compras, e valorar cada etapa do TCO.

O comprador que compreende a filosofia do TCO em seus processos de aquisição, naturalmente gera impactos significativos no seu trabalho, como: redução de despesas na compra/contratação de Produtos/Serviços e traz elementos relevantes para a negociação com os fornecedores, visando obter as melhores alternativas para tomada de decisões.

Além da visão sistêmica do TCO onde avaliamos os custos invisíveis que são externos ao Custo de Propriedade, existe outro conceito de Custo de Propriedade em Suprimentos que está relacionado diretamente ao ROI (Return of Investment) – Retorno sobre o Investimento – assim como ao VPL (Valor Presente Líquido).

Esta segunda abordagem busca discriminar todos os custos associados à aquisição, utilização, manutenção, hora-máquina (full rate x stand by rate), mobilização, desmobilização de um bem.

Em outras palavras, é perceber os custos futuros de propriedade de um bem antes de tomar a decisão da contratação do fornecedor.

Entre os custos futuros podemos listar:

  • Custo de disponibilidade e de serviços pós venda
  • Confiabilidade e prazo de entrega de peças de reposição
  • Custo da Qualidade
  • Durabilidade e Rendimento
  • Manutenção e Garantia
  • Custo em Estoque, etc.

Essa análise de custo no tempo de um bem, habilita ao Comprador tomar a melhor decisão sobre opções de contrato, como:

  • Aquisição
  • Locação
  • Prestação de Serviço associada ao Equipamento
  • Leasing, etc.

COST BREAKDOWN (CBD)

Técnica que possibilita ao Comprador entender detalhadamente os elementos que compõem os custos de Produtos ou Serviços.

Uma análise de custos detalhada e bem projetada é a base para a busca de preços mais competitivos e, consequentemente, reduzir custos, gerando melhores resultados financeiros para a empresa, pois permite a compreensão dos processos e custos de fabricação ou estrutura do serviço prestado.

O CBD permite ao Comprador ter visibilidade dos elementos que realmente influenciam o custo, indo muito além da análise tradicional dos “5 elementos” (materiais, mão de obra, despesas gerais, SG&A, lucro).

Os  custos variam de acordo com o produto ou serviço, assim como os métodos de contabilidade usados ​​para determinar os valores atribuídos.

No entanto, a eficácia do uso de análises de custos detalhadas está diretamente relacionada com o quão bem essas análises de custos são realizadas. Para esse detalhamento, o Comprador não pode abrir mão de duas técnicas: Should Cost e Clean Sheet, mas sobre isso falamos no próximo artigo.

Gostou do artigo? Compartilhe com sua rede de Compradores.

Forte abraço do seu Mentor de Carreira em Compras,

Leonardo Rosa
Executivo de Supply Chain com especialização em projetos de Petróleo e Gás, projeto em MBA de Gestão de Suprimentos, Logística e Supply Chain e Mentor de Carreira para Profissionais de Compras.

ARTIGOS RELACIONADOS

spot_img

MAIS ARTIGOS

Quem realmente escolhe um trabalho de compras?

Quem realmente escolhe um trabalho de compras? Em que momento algum orientador de carreiras se...

7 Steps in Creating a Project Procurement Management Plan

7 Steps in Creating a Project Procurement Management Plan 1. Define Roles, Terms, and Agreements In...

Gerenciamento de Contratos – Processos e práticas

Gerenciamento de Contratos - Processos e práticas Acredito que é possível medir a maturidade de...

Fazendo um curriculum vitae em inglês para Procurement

Fazendo um curriculum vitae em inglês para Procurement Em primeiro lugar você deve aplicar para...

Procurement Fora da Caixa

Procurement Fora da Caixa Está na hora de os profissionais de compras analisarem todas as...

ESG é Moda? ESG em Procurement não existe?

ESG é Moda? ESG em Procurement não existe? A resposta para as 2 perguntas é...

MAIS ACESSADOS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui