7 Dicas para sucesso na negociação e os 5 Erros mais comuns

7 Dicas para sucesso na negociação e os 5 Erros mais comuns

Compras bem-sucedidas seguem a mesma lógica das estratégias de negociação.

 

01 – Preparação

Não pode haver ênfase suficiente na importância da preparação para o sucesso de qualquer negociação.

Uma preparação adequada e um conhecimento profundo de todos os fatores envolvidos em ambos os lados da negociação aceleram o processo.

A equipe que irá fazer a negociação deve chegar a um acordo sobre uma estratégia de Procurement  para que as negociações não sejam paralisadas por repetidas consultas internas.

02 – Conheça o seu oponente

Alguns negociadores vão além e tentam descobrir o máximo que podem sobre a empresa, mercado, tendências e usam o Market Intel, bem como sobre os executivos com quem irão negociar.

03 – Agenda

É uma grande economia de tempo para ambas as equipes do processo de negociação finalizarem a pauta da reunião para que fiquem na mesma página.

Conhecer a agenda da outra equipe garante que você esteja bem preparado com dados e respostas relevantes.

04 – Analise a história da empresa

Vale a pena olhar para o histórico da empresa com a qual você está negociando. Isso o ajudará a antecipar suas táticas de marca registrada.

E se a empresa tiver um histórico muito bom de eficiência e qualidade, você saberá que, mesmo que faça concessões, vale a pena garantir um fornecedor confiável e de boa reputação.

05 – Escolha os membros da equipe com sabedoria

É importante que todos os membros de uma equipe de negociação tenham uma boa comunicação entre si e concordem com a estratégia e o objetivo da negociação. A equipe deve concordar sobre o que e quanto está disposta a se comprometer.

Quando há uma falta de acordo dentro da equipe, isso terá um impacto negativo nos resultados da negociação.

Também vale a pena revisar a estratégia de negociação e chegar a um acordo sobre formas não-verbais de comunicação dentro da equipe.

06 – As pessoas fazem uma organização

Não subestime o poder das habilidades das pessoas. No final das contas, cada empresa é representada por uma pessoa. Fazer um esforço para construir um relacionamento com a outra equipe é uma boa ideia.

07 – Resuma com clareza

No final da negociação, resuma todos os pontos acordados de forma clara para que todos os negociadores não tenham dúvidas sobre o que o outro entendeu.

Isso evita mal-entendidos e a necessidade de renegociar. Coloque tudo por escrito o mais rápido possível.

👉 Resumo Gráfico das 7 Dicas para sucesso na negociação

Os 5 Erros comuns de negociação

Cometer erros na negociação pode custar caro a uma empresa.

01 – Preparação insuficiente

A preparação insuficiente pode resultar em negociações que ficam paralisadas ou em rodadas desnecessárias de renegociação.

02 – Agressão

O resultado ideal de uma negociação deve ser ganha-ganha para ambas as partes. Isso promove relacionamentos longos e mutuamente benéficos.

No entanto, quando um negociador é muito agressivo e não quer se comprometer em nada, isso prejudica todo o relacionamento.

03 – Detalhes

Não prestar atenção suficiente a todos os detalhes pode resultar em um acordo que parece bom superficialmente, mas tem muitas lacunas e detalhes que prejudicarão a empresa no longo prazo.

04 – Emoções

Como as negociações entre empresas são, em última análise, entre equipes de pessoas, é fácil permitir que as emoções anulem outras considerações.

Quando as conversas esquentarem, faça uma pausa.

05 – Ética

Vale a pena ser ético em todas as negociações. Às vezes, é muito tentador seguir um atalho óbvio, mas isso pode afetar o relacionamento entre as empresas.

Isso manchará a reputação do negociador quando for revelado.

👉 Resumo Gráfico dos 5 Erros comuns de negociação

CEO at Procurement Garage | leonardo.alexander@procurementgarage.com | + posts

Mais de 30 anos de experiência sendo Head de Suprimentos na AmBev/AB-InBev, P&G (Consumer Goods), B. Braun (Farma) e LATAM Head of Supply Chain Planning & Performance na BP (British Petroleum).

Graduado em comércio exterior, extensão pela Columbia University e MIT ACE Program.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

spot_imgspot_img
Leonardo Alexander
Leonardo Alexander
Mais de 30 anos de experiência sendo Head de Suprimentos na AmBev/AB-InBev, P&G (Consumer Goods), B. Braun (Farma) e LATAM Head of Supply Chain Planning & Performance na BP (British Petroleum). Graduado em comércio exterior, extensão pela Columbia University e MIT ACE Program.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui