Governança para as Compras Sustentáveis em 3 passos

Governança para as Compras Sustentáveis em 3 passos

À medida que empresas se engajam cada vez mais na agenda ESG, torna-se evidente que o seu desenvolvimento requer um esforço multisetorial. É o caso das práticas de compras sustentáveis.

Tomar decisões de compras alinhadas com critérios ambientais, sociais e de governança envolve diversas pessoas e áreas, especialmente em grandes organizações.

Nesse contexto, é possível identificar dois grupos distintos de indivíduos nesse processo: aqueles que já possuem conhecimento e afinidade com o tema, e aqueles que ainda estão menos familiarizados.

O primeiro grupo tem a percepção e a motivação necessária para buscar serviços e produtos mais sustentáveis, realizando compras com critérios ESG de forma pontual e até mesmo desenvolvendo projetos em parceria com fornecedores engajados com a sustentabilidade.

No entanto, para que as compras sustentáveis sejam efetivamente incorporadas ao processo de aquisição de uma empresa e deixem de ser apenas iniciativas isoladas, é fundamental estabelecer uma governança específica para esse propósito.

Neste sentido, apresento 3 passos para implementar uma Governança para as Compras Sustentáveis:

1 – Organização para as Compras Sustentáveis

O primeiro passo consiste em estabelecer um compromisso organizacional para as compras sustentáveis.

A partir desse compromisso, é preciso determinar a estrutura responsável por desenvolver essa agenda.

A empresa pode optar por criar um comitê dedicado às compras sustentáveis, implementar uma área ou ponto focal específico, ou integrar essa responsabilidade à área de sustentabilidade corporativa ou compras estratégicas;

2 – Estratégia para as Compras Sustentáveis

Desenvolver ou adaptar políticas, procedimentos, estratégias e diretrizes institucionais é essencial para as compras sustentáveis.

Esses documentos e orientações devem fornecer clareza sobre a importância desse aspecto na organização, estabelecendo prioridades e compromissos específicos de sustentabilidade e indicando como esses critérios serão considerados nos processos de compras.

É fundamental que essa estratégia esteja alinhada com a missão, as metas, os compromissos de sustentabilidade e as prioridades da organização; e

3 – Ferramentas para as Compras Sustentáveis

Estabelecer ferramentas padronizadas é fundamental para auxiliar usuários e funcionários envolvidos nas compras a avaliar produtos e fornecedores potenciais de forma consistente.

Essas ferramentas podem incluir listas de verificação de sustentabilidade, especificações de produtos, certificações de terceiros, solicitações de propostas, cotações, listas de fornecedores que atendem aos critérios propostos, questionários de fornecedores, critérios de inclusão/exclusão, ponderação para sustentabilidade e um código de conduta para fornecedores, entre outros recursos.

É importante ressaltar que a efetiva implementação desses passos requer que todos os envolvidos no processo de compras compreendam as razões para a adoção de compras sustentáveis e saibam desempenhar seu papel nessa iniciativa.

Ao seguir esses passos, as compras sustentáveis deixam de ser apenas uma abordagem pontual e se tornam parte integrante do processo de aquisição da empresa.

Isso implica em uma mudança cultural e operacional, garantindo que a sustentabilidade seja considerada em todas as etapas do ciclo de compras.

Ao estabelecer uma governança para as compras sustentáveis, a empresa demonstra seu compromisso com a responsabilidade ambiental e social, promovendo a transformação em direção a uma cadeia de suprimentos mais sustentável.

Portanto, ao implementar os três passos mencionados – organização, estratégia e ferramentas para as compras sustentáveis – a empresa pavimentará o caminho para uma abordagem sistemática e consistente, na qual a sustentabilidade se torna um critério fundamental na tomada de decisões de compras.

Lembrando que a jornada rumo a compras mais sustentáveis é contínua, exigindo atualizações e aprimoramentos constantes.

Com uma governança adequada e a conscientização dos envolvidos, a empresa estará melhor posicionada para promover impactos positivos e contribuir para um futuro mais sustentável.

Larissa Vieira
Compras Sustentáveis | Sustentabilidade | ESG | Supply Chain | Cadeia de Valor | SSMA | Palestrante | + posts

Sou apaixonada pela natureza desde a infância e escolhi cedo, que minha profissão estaria alinhada a essa paixão. Por isso, decidi ser Gestora Ambiental.

Ao longo de minha carreira, atuei em diversas áreas, tais como: educação ambiental, promoção ambiental em comunidades, treinamentos corporativos, gestão de resíduos, construção civil e terceiro setor. No entanto, foi na área estratégica da sustentabilidade voltada para a área de compras que encontrei minha verdadeira vocação.

Atualmente, dedico-me a implantar iniciativas de compras sustentáveis no setor da saúde, seguindo diretrizes que incluem: redução de emissões de gases de efeito estufa, eficiência energética e hídrica, redução de resíduos, rejeitos e poluentes, segurança química e baixa toxicidade, rastreabilidade, transparência e compliance com relação a critérios ambientais e sociais, inclusão social, equidade, diversidade e acessibilidade, abordagem de ciclo de vida, uso de certificações e mecanismos de rotulagem ambiental.

Meu objetivo é desenvolver práticas ESG, atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e buscar uma economia de baixo carbono.

Por meio de indicadores de sustentabilidade empresariais mensuráveis, pretendo transformar a gestão de sustentabilidade em vantagem competitiva e desenvolvimento sustentável para a empresa em que atuo e sua cadeia.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e parcerias estratégicas

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e...

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização Eu tenho...

A importância do Compliance em Compras

A importância do Compliance em Compras Antes de iniciar esta...

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de Compras!

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de...
spot_imgspot_img
Larissa Vieira
Larissa Vieira
Sou apaixonada pela natureza desde a infância e escolhi cedo, que minha profissão estaria alinhada a essa paixão. Por isso, decidi ser Gestora Ambiental. Ao longo de minha carreira, atuei em diversas áreas, tais como: educação ambiental, promoção ambiental em comunidades, treinamentos corporativos, gestão de resíduos, construção civil e terceiro setor. No entanto, foi na área estratégica da sustentabilidade voltada para a área de compras que encontrei minha verdadeira vocação. Atualmente, dedico-me a implantar iniciativas de compras sustentáveis no setor da saúde, seguindo diretrizes que incluem: redução de emissões de gases de efeito estufa, eficiência energética e hídrica, redução de resíduos, rejeitos e poluentes, segurança química e baixa toxicidade, rastreabilidade, transparência e compliance com relação a critérios ambientais e sociais, inclusão social, equidade, diversidade e acessibilidade, abordagem de ciclo de vida, uso de certificações e mecanismos de rotulagem ambiental. Meu objetivo é desenvolver práticas ESG, atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e buscar uma economia de baixo carbono. Por meio de indicadores de sustentabilidade empresariais mensuráveis, pretendo transformar a gestão de sustentabilidade em vantagem competitiva e desenvolvimento sustentável para a empresa em que atuo e sua cadeia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui