Compras Sustentáveis: Foco na aquisição com Critérios Socioambientais!

Compras Sustentáveis: Foco na aquisição com Critérios Socioambientais!

Apesar de algumas pessoas e até o mercado reafirmar que ESG é modinha, a gente sabe que ele fala de propósitos e por isso jamais passará.

Na busca por destaque profissional e uma carreira que vai além das atividades diárias, profissionais estão de olho em todo movimento sobre ESG no mercado e uma coisa é certa: Quem conhece, não se arrepende e expande de verdade!

Mas por onde começar uma carreira dentro de ESG? Seja na área de compras e suprimentos, ou qualquer outra dentro de uma organização, é importante focar em alguns pontos estratégicos de conhecimentos. Vamos às dicas?

1 – Aprofundar o conhecimento em sustentabilidade

De início, vai ser importante que você entenda os princípios básicos de sustentabilidade e como eles se aplicam nas suas atividades do dia a dia.

Isso inclui conhecer as métricas ESG e como elas afetam os processos dentro e fora da sua organização.

Lembre-se: ESG não é algo a ser trabalhado apenas “dentro de casa”.

2 – Educação e certificações

Expanda seu leque de oportunidades de educação relacionadas a ESG e sustentabilidade. Certificações relevantes, como a Certificação em Supply Chain Sustainability, podem ajudá-lo a se destacar no mercado.

Caso ainda não consiga investir em um curso e/ou certificações, busque profissionais de referência dentro do Linkedin que já estejam desenvolvendo projetos sobre o assunto e compartilhando seus conhecimentos.

Se aproxima de quem sabe e faz de verdade!

3 – Integração da sustentabilidade nos processos de compras

Fique de olhos bem abertos na hora de considerar critérios de ESG ao avaliar fornecedores e produtos.

Desenvolva parcerias com fornecedores comprometidos com práticas socioambientalmente responsáveis. É de sua responsabilidade esse acompanhamento.

Hoje tem no mercado alguns softwares que fazem esse trabalho, mas, caso não tenha na sua empresa, você pode montar um processo de critérios e avaliação em ESG e começar aplicando aos poucos. O mais importante é fazer!

4 – Colaboração e networking

Ninguém faz nada sozinho, então, você vai precisar participar de grupos e iniciativas relacionadas a ESG dentro do seu setor de atuação e em outros também.

Isso pode ajudá-lo a se manter atualizado sobre as melhores práticas e descobrir oportunidades de desenvolvimento profissional, além de conhecer cases reais do que já vem funcionando e levar para sua carreira o que vai fazer diferença.

5 – Atenção aos detalhes e métricas

Esteja atento aos KPIs e métricas que são importantes para avaliar o desempenho em ESG na cadeia de suprimentos.

Toda métrica precisa de análises regulares para identificar pontos de melhoria e oportunidades de inovação.

Dentro ou fora da área de compras, as coisas só melhoram se a gente acompanhar.

Lembrando que a integração bem-sucedida de práticas ESG na área de compras e suprimentos requer comprometimento, consistência e uma abordagem holística para garantir impactos positivos tanto interna quanto externamente.

Agora que você já sabe como desenvolver sua carreira, chegou o momento da gente se aprofundar nas Compras Sustentáveis.

E como eu falei, é importante sempre aprender com quem faz de verdade. Por isso, com a Palavra: Larissa Vieira!

Promovendo Compras Sustentáveis

No panorama atual, onde a sustentabilidade se tornou uma prioridade inegável, as compras sustentáveis emergem como uma estratégia essencial para as organizações.

Ao adotar uma abordagem abrangente, que permeia desde a governança até a seleção criteriosa de produtos e fornecedores, as empresas podem não apenas impulsionar seu desempenho ambiental e social, mas também fortalecer sua posição no mercado.

Podemos dividir as iniciativas para implementação desta agenda em 3 tipos: governança para as compras sustentáveis, fornecedores sustentáveis e produtos/serviços sustentáveis.

Governança para Compras Sustentáveis

As políticas, estratégias e diretrizes institucionais desempenham um papel fundamental na orientação das compras sustentáveis.

Estabelecer um quadro sólido que integre os princípios ESG (ambientais, sociais e de governança corporativa) nas práticas de aquisição é crucial.

Isso não só define a direção da organização, mas também serve como um guia para as ações futuras.

Além disso, uma estrutura organizacional dedicada às compras sustentáveis é essencial.

Designar equipes responsáveis pela implementação dessas políticas e diretrizes garante uma abordagem coesa e focada em resultados.

Fornecedores Sustentáveis: Parceria para o Futuro

O engajamento com fornecedores é uma pedra angular das compras sustentáveis. A homologação com critérios ESG assegura que os parceiros comerciais compartilhem dos mesmos valores de sustentabilidade.

A avaliação contínua do desempenho ESG dos fornecedores não apenas garante a conformidade, mas também promove a transparência e a responsabilidade.

Investir no desenvolvimento de fornecedores é outra estratégia chave. Capacitação e treinamentos específicos sobre práticas sustentáveis não apenas elevam o padrão dos parceiros, mas também criam um ecossistema mais sustentável como um todo.

Projetos em parceria oferecem oportunidades únicas para inovação e co-criação, impulsionando o progresso em direção a cadeias de suprimentos mais sustentáveis.

Produto/Serviço Sustentável: Da Aquisição à Utilização

A aquisição sustentável não se limita apenas à seleção de fornecedores, mas também à incorporação de critérios ESG nas negociações comerciais.

Priorizar produtos com menor impacto ambiental e social não apenas reflete os valores da empresa, mas também contribui para a construção de um mundo mais sustentável.

Na hora de priorizar produtos, é fundamental considerar uma série de fatores. Além da relevância financeira e quantitativa, a análise dos impactos socioambientais negativos é crucial.

A disponibilidade de informações técnicas e a avaliação das alternativas disponíveis no mercado ajudam a tomar decisões informadas.

Por fim, identificar oportunidades de compra que alinhem-se com os objetivos de sustentabilidade da organização é essencial para maximizar o impacto positivo das compras.

Como Escolher um Produto/Serviço Sustentável?

Entre os 3 pilares, pouco se fala sobre as iniciativas com foco no produto. Uma ótima opção é considerar como critérios os rótulos ambientais.

Mas você sabe identificar rotulagens entre os seus tipos? Esse é um conhecimento valioso para escolher produtos que realmente tenham um fator ambiental positivo.

Os tipos 1, 2 e 3 de rotulagens ambientais são uma classificação proposta pela ISO (Organização Internacional de Normalização) para categorizar os diferentes sistemas de rotulagem ambiental. Aqui está uma breve explicação de cada tipo:

Tipo 1: Rotulagem Ambiental de Terceira Parte (Selo Ecológico)

A rotulagem ambiental de terceira parte, também conhecida como selo ecológico, é concedida por uma organização independente e reconhecida, que certifica que um produto atende a critérios ambientais específicos.

Esses critérios podem incluir aspectos como eficiência energética, uso de materiais reciclados, redução de emissões, entre outros.

Esses rótulos são geralmente baseados em normas e diretrizes estabelecidas por organizações governamentais ou não governamentais e são amplamente reconhecidos pelos consumidores como indicadores de produtos ambientalmente responsáveis.

Tipo 2: Autodeclaração Ambiental

A autodeclaração ambiental ocorre quando uma empresa afirma que seu produto é ambientalmente preferível, sem a verificação independente de terceiros.

Esses rótulos podem variar em termos de confiabilidade e credibilidade, uma vez que não há garantia de que as alegações da empresa são precisas ou baseadas em critérios rigorosos.

É necessário tomar muito cuidado ao aceitar uma autodeclaração como um critério ambiental na aquisição. Sempre que possível, opte pelos selos ecológicos do tipo 1 e se atente à veracidade da verificação por terceira parte.

Tipo 3: Rotulagem Ambiental Baseada em Informações do Produto

A rotulagem ambiental tipo 3 é uma forma de comunicação ambiental que fornece informações detalhadas sobre o desempenho ambiental de um produto ao longo de seu ciclo de vida.

Isso inclui dados sobre consumo de recursos naturais, emissões de poluentes, impactos na saúde humana, entre outros aspectos.

Essas informações são geralmente apresentadas de forma padronizada e transparente, permitindo que os consumidores façam comparações entre diferentes produtos.

A rotulagem ambiental tipo 3 é frequentemente baseada em análises de ciclo de vida (ACV) e pode ser uma ferramenta poderosa para auxiliar os consumidores a tomar decisões de compra mais sustentáveis.

Em um mundo onde o ESG se tornou mais do que uma tendência, mas sim uma nova forma de fazer negócios, as compras sustentáveis ganham destaque como protagonistas dessa transformação.

Seja você um especialista em rotulagens ambientais, ou apenas um curioso navegando nesse mar de selos ecológicos, uma coisa é certa: o futuro das compras é sustentável.

Então, vamos lá, pesquise mais sobre os principais selos e rotulagens da sua carteira e comece a questionar os seus fornecedores.

Faça parte dessa jornada, onde cada compra é mais um passinho em direção à sustentabilidade!

Jean Durval
Top Voice & Linkedin Creator | Engenheiro | Comunicador Social | Palestrante | Supply Chain | Procurement | Suprimentos | Compras | Gestão de Projetos | Diversidade & Inclusão | ESG | Sustentabilidade | + posts

Um ator que trabalha com Supply Chain ou um Comprador que faz teatro?

1º TOP Voice da área de Suprimentos & TOP 100 Creator Brasil 2022 - Selecionado pela plataforma e participante da 2º Turma da Academia Itaú de Criadores, que é um projeto entre Itaú Unibanco e a YOUPIX.

Prazer, eu sou Jean Durval. Um Engenheiro de Produção, Pós graduado em Gerenciamento de Projetos e em Cidades Inteligentes e Sustentáveis, com mais de 13 anos de carreira na área Supply Chain e Procurement. Sou certificado em Diversidade e Inclusão nas Organizações pela PUC, onde venho desenvolvendo um trabalho voltado para a Diversidade de Fornecedores dentro das empresas. Expertise em compras, orçamentos, projetos, planejamento estratégico, logística, indicadores, gestão de fornecedores, administração de contratos, compliance, auditoria, importação e exportação, assegurando o cumprimento dos critérios e qualidade requerida.

Larissa Vieira
Compras Sustentáveis | Sustentabilidade | ESG | Supply Chain | Cadeia de Valor | SSMA | Palestrante | + posts

Sou apaixonada pela natureza desde a infância e escolhi cedo, que minha profissão estaria alinhada a essa paixão. Por isso, decidi ser Gestora Ambiental.

Ao longo de minha carreira, atuei em diversas áreas, tais como: educação ambiental, promoção ambiental em comunidades, treinamentos corporativos, gestão de resíduos, construção civil e terceiro setor. No entanto, foi na área estratégica da sustentabilidade voltada para a área de compras que encontrei minha verdadeira vocação.

Atualmente, dedico-me a implantar iniciativas de compras sustentáveis no setor da saúde, seguindo diretrizes que incluem: redução de emissões de gases de efeito estufa, eficiência energética e hídrica, redução de resíduos, rejeitos e poluentes, segurança química e baixa toxicidade, rastreabilidade, transparência e compliance com relação a critérios ambientais e sociais, inclusão social, equidade, diversidade e acessibilidade, abordagem de ciclo de vida, uso de certificações e mecanismos de rotulagem ambiental.

Meu objetivo é desenvolver práticas ESG, atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e buscar uma economia de baixo carbono.

Por meio de indicadores de sustentabilidade empresariais mensuráveis, pretendo transformar a gestão de sustentabilidade em vantagem competitiva e desenvolvimento sustentável para a empresa em que atuo e sua cadeia.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e parcerias estratégicas

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e...

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização Eu tenho...

A importância do Compliance em Compras

A importância do Compliance em Compras Antes de iniciar esta...

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de Compras!

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de...
spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui