Principais dimensões na estruturação de sua área

Principais dimensões na estruturação de sua área

Todo processo de implantação, ampliação ou reestruturação de uma área é único por natureza, mas considera alguns pilares ou dimensões principais em comum.

Por serem únicos, não existe uma fórmula padrão ou uma sequência definida de ações.

Na prática, é coordenar ou concatenar três processos-chave de qualquer negócio: estratégia, pessoas e operações ou processos.

Os processos-chave podem ser definidos individualmente, em conjunto ou ainda, como ocorre na maioria dos casos, tratados em paralelo, sendo constantemente revisitados durante seu desenvolvimento e efetiva execução.

Vamos avaliá-los de forma individualizada:

Estratégia

Define a direção e o modo como se aponta ou se encaminha nesta direção. Define ainda os alvos e desdobra as metas. Distribui responsabilidades e recursos.

Pessoas

Entendido como o mais importante em relação aos demais, visa alinhar os interesses dos colaboradores com os da organização, definindo e alocando a pessoa certa ao lugar certo, medindo e avaliando seu desempenho e, eventualmente, sua capacidade de desenvolvimento.

Operações ou Processos

Responsável pelo fazer, pelo dia a dia. É a estratégia em ação. Define indicadores e com eles eventuais ajustes ou erros viram aprendizado.

É o PDCA em ação e influencia diretamente as decisões e definições estabelecidas anteriormente.

Os três pilares descritos estão intimamente interligados e, por isso, recomenda-se que sejam revisitados e reavaliados durante a implantação e no decorrer de sua operação.

A dimensão estratégica deve considerar as pessoas e a realidade operacional. As pessoas são escolhidas, treinadas e promovidas, levando-se em consideração os planos estratégicos e o desenvolvimento dos processos.

As operações estão diretamente vinculadas a direção e objetivos estratégicos e às habilidades das pessoas.

Os três pilares estão intimamente ligados e precisam ser trabalhados de forma integrada. O nível ou grau de integração e consistência entre eles é o que define o nível de maturidade de uma organização e sua capacidade de estruturação para enfrentamento dos desafios de mercado.

Referência:

  • BOSSIDY, Larry; CHRARAN, Ram.
  • Execução: a disciplina de atingir resultados – Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.
Alexandre Grangeiro
Professional with years of experience in commercial negotiation and solid experience in procurement, budgeting and sales of materials and services; Strong knowledge of contract management of large commercial and negotiation; Consolidated experience in supply chain, passing through areas of import of equipment and spare parts, supplies of raw materials and consumables in general;

ARTIGOS RELACIONADOS

spot_img

MAIS ARTIGOS

14 Critérios essenciais para a correta seleção de um...

14 Critérios essenciais para a correta seleção de um software de E-procurement 01 - Full...

As 10 competências essenciais do profissional de compras

As 10 competências essenciais do profissional de compras No último Fórum Econômico Mundial realizado em...

Procurement e o 5G?

Procurement e o 5G? O 5G permite que as empresas executem operações com mais eficiência,...

Tendências inovadoras em tecnologia para as Cadeias de Suprimentos

Tendências inovadoras em tecnologia para as Cadeias de Suprimentos Conheça as tendências inovadoras em tecnologia...

Revenue Management – Gestão de Rentabilidade – Receitas

Revenue Management - Gestão de Rentabilidade - Receitas Pesquisas que integram preços e gestão de...

ESG em Procurement?

ESG em Procurement? Afinal, como devemos abraçar e fazer acontecer? 15 tópicos importantes para...

MAIS ACESSADOS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui