Os desafios do Supply Chain tendem a crescer!

Os desafios do Supply Chain tendem a crescer!

Um documentário do The Wall Street Journal publicado neste ano mostra que o Supply Chain global jamais será o mesmo.

Isso não ocorre apenas em função dos desafios conhecidos escancarados durante o período de pandemia, onde tivemos fronteiras fechadas e impactos de fornecimento, além de dificuldades na disponibilidade de containers e aumentos de fretes.

Os riscos e impactos na cadeia de abastecimento ficam bastante visíveis quando enfrentamos situações extremas, seja numa pandemia, seja quando um navio ficou encalhado, visto o que aconteceu em março de 2021 com o Evergreen no canal de Suez, prejudicando o comércio global e elevando custos das operações logísticas.

Quando há uma guerra, infelizmente ainda vigente, iniciada em maio de 2022 pela Rússia contra a Ucrânia; quando ocorrem paralisações no modal de transporte mais utilizado no Brasil – transporte por caminhões, onde há fechamento de estradas, como tivemos em 2018 e recentemente após as eleições.

São situações totalmente fora do nosso controle, que por mais que estejam de alguma forma mapeadas no Gerenciamento de Riscos Corporativos (GRC), em maior ou menor grau causarão impactos para as organizações, sejam eles em faltas de matérias-primas, atrasos nas entregas ou aumentos de custos.

Cabe às funções envolvidas no Supply Chain mapear os riscos e identificar ações para evitar, mitigar ou compartilhar esses riscos. Aceitar impacto em fornecimento deixa de ser opção.

Existem também situações de mercado, como o crescimento do e-commerce, onde cada vez mais as pessoas querem receber seus produtos em prazos menores, prazos extremamente curtos, inclusive incentivados pelos próprios varejistas, na ânsia de sair na frente dos seus concorrentes e oferecer maior conveniência.

Em Dubai existe uma empresa fazendo entregas expressas em 15 min. Se alguém estiver no meio de uma receita de bolo e verificar que faltou um ingrediente, basta solicitar via app e não terá o seu plano de finalizar o bolo impactado.

Esses desafios trazem à tona a importância da estratégia de armazenagem e distribuição, envolvendo locais, rotas e tipos de veículos, além de análise do impacto ambiental.

O próprio efeito Amazon coloca duas questões importantes na mesa. A primeira é em relação à rotatividade de pessoas nos fulfillment centers.

O trabalho é repetitivo e pesado, o que faz com que as pessoas fiquem extremamente cansadas e busquem outras opções por pequenas variações salariais.

A adoção de novas tecnologias é crescente e precisa estar no radar dos líderes, a fim de minimizar esses impactos.

Embora esse turnover seja mais percebido quando o mercado está aquecido, as ações para esse momento devem fazer parte do planejamento estratégico de Supply Chain.

Outra questão está relacionada com transportes. Nos EUA a Amazon já ultrapassou a Fedex em volumes de entregas expressas.

Houve achatamento no valor pago aos caminhoneiros, o que faz muitos se desinteressarem pela profissão, colocando em risco a disponibilidade futura de mão-de-obra.

A situação no Brasil não chega a esse ponto, ainda.

Todas essas questões nos mostram a complexidade das cadeias de abastecimento e seus grandes desafios.

Olhar à frente, enxergar os riscos e constantemente buscar alternativas para melhorar a performance e se preparar para  situações adversas são e sempre serão uma constante para os profissionais de Supply Chain.

A pergunta é: você está olhando para isso?

Executiva Sr Supply Chain | + posts

Mais de 15 anos em cargos de Gestão na área de Supply Chain & Procurement em empresas multinacionais e nacionais de grande porte em posições regionais com destaque para os segmentos Farmacêutico, Serviços Logísticos, Produtos têxteis, Químico, Telecomunicações e Educação.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Você já ouviu falar sobre o Efeito Dominó em Compras?

Você já ouviu falar sobre o Efeito Dominó em...

Mindset dos Vendedores em Relação aos Compradores Profissionais

Mindset dos Vendedores em Relação aos Compradores Profissionais: Um...

A Importância do Change Management na Transformação Digital de Procurement

A Importância do change management na transformação digital de...

5 principais irregularidades encontradas durante a fiscalização de contratos e como mitigá-las

5 principais irregularidades encontradas durante a fiscalização de contratos...

Aplicando o Kanban em Procurement!

Aplicando o Kanban em Procurement! Um guia para otimizar...
spot_imgspot_img
Renata Fernandes
Renata Fernandes
Mais de 15 anos em cargos de Gestão na área de Supply Chain & Procurement em empresas multinacionais e nacionais de grande porte em posições regionais com destaque para os segmentos Farmacêutico, Serviços Logísticos, Produtos têxteis, Químico, Telecomunicações e Educação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui