Não economize em sua carreira

Não economize em sua carreira

Profissional de compras, o ano de 2024 está acelerado e tenho uma dica para você: invista na sua “cadeia de suprimentos” de novos conhecimentos, amplie o networking e venda seu peixe.

O momento é de investimentos: avaliar o que precisa trabalhar em você mesmo e no seu autodesenvolvimento é essencial para crescer na carreira de Compras.

Por isso, a dica é: não economize em sua carreira, analise o que precisa aprender para se destacar e brilhar em novas aventuras profissionais.

Atualmente, ser um profissional de destaque significa trabalhar fortemente sua imagem e seu desenvolvimento – seu roadmap – seu caminho profissional até o ponto onde deseja chegar.

Para isso, você vai precisar saber o que você ainda não sabe. Como assim? Com as habilidades necessárias já é desafiador, dado o ritmo acelerado das mudanças.

E quanto ao profissional de compras? Como se valoriza diante do mundo VUCA e do mercado em ebulição?

Vamos falar de 10  passos essenciais que vão servir de base para seu fortalecimento como mulher e no papel de executiva.

1 – Venda seu peixe

Seja na sua empresa, desbravando o mundo dos negócios, mostrando sua força, seu comprometimento e suas entregas ou numa organização é preciso trabalhar o seu marketing pessoal.

Muitas mulheres são excelentes profissionais e empreendedoras, mas não aprenderam a se vender. Homens também precisam se aprimorar.

Atualizar sua forma de se vender é a ordem do dia.

A partir dessa questão, como trabalhar o marketing pessoal? Pense na persona profissional que você deseja ser.

Reflita:

  • Como quero que me percebam?
  • Que postura vou adotar a partir de agora?
  • Como vou alinhar o que sou com o que visto e da forma que falo?
  • Que mensagens vou compartilhar com pessoas à minha volta?
  • Como me apresento nas redes sociais?

No seu perfil do Linkedin, você precisa de uma foto profissional, descrever sua trajetória e destacar competências.

É fundamental valorizar seu perfil e reforçar sua marca pessoal, é importante criar autoridade, mostrar que tem boa reputação.

Para vender seu peixe, você precisa se movimentar. Como fazer isso? Quando você publica, escreve artigos, compartilha seu conhecimento, demonstra que entende da sua área.

Se não pensou a respeito, a hora é agora. Somos uma combinação de competência técnica e da nossa imagem.

2 – Fortaleça seu networking interno e externo

Como tem trabalhado seu networking? Valorizar o networking interno e externo e “alimentar” constantemente esse networking é essencial para avançar na carreira.

Amplie o networking na empresa, marque cafés e conversas, se apresente a novos contatos ou amplie sua capilaridade no networking.

Quanto mais gente conhecer você e suas capacidades, melhor é.  Pense em grupos para se conectar a pessoas com o mesmo perfil. Como exemplo, o grupo da PG de compradores.

E, mais que isso. Você tem patrocinadores na empresa? Patrocinadores, como o nome mesmo diz, são pessoas que acolhem e apoiam você nos seus desafios.

Busque pessoas que conheçam seu trabalho, defendam suas ideias, “comprem” o seu perfil para vender você mais adiante na empresa ou fora dela.

Que perfil de pessoas? Gestores com senioridade, CEOs, influenciadores na empresa, pessoas que conhecem o seu trabalho, sabem como você performa e que vão ajudar você a crescer na organização ou na sua própria empresa.

3 – Gaste tempo para inovar e criar

Um passo fundamental para sua carreira é a busca por inovações. O que você pode fazer de diferente? Como implementar novos recursos? Como usar tecnologia para simplificar processos, facilitar seu trabalho e da equipe e personalizar soluções para atender às necessidades específicas dos clientes?

Leia, se informe, esteja atualizado e compartilhe o que aprende. Mostre o que sabe, o que desenvolveu, insights que teve durante seu aprendizado. Aprender é processo contínuo, esteja à frente neste quesito para valorizar sua carreira.

À medida que a importância da área de compras aumenta nas organizações, as exigências do mercado de trabalho para esses profissionais também se tornam maiores.

Então, como se tornar um profissional bem-sucedido? É preciso ir além de garantir o melhor preço, é necessário agregar valor e inovar!

4 – Aprenda novas competências

Que habilidades precisam ser trabalhadas? Perceba o impacto das soft skills nos dias de hoje. Muitas empresas contratam pelas competências técnicas e demitem pelas soft skills ou pelos comportamentos.

Avalie as competências que precisam ser desenvolvidas. Abaixo listo algumas competências avaliadas como cruciais pela Forbes.

5 – Pensamento Estratégico

Na faixa salarial de 25% do topo, foi identificado que a habilidade interpessoal mais procurada é o pensamento estratégico, representando cerca de 65% dos anúncios de emprego para funções altamente remuneradas.

Habilidades estratégicas – nas quais você analisa uma situação e define metas sistematicamente – são uma qualidade necessária não apenas para líderes, mas também para aspirantes a líderes e gerentes e profissionais de alto desempenho.

6 – Persuasão

A persuasão é uma forma de habilidade de comunicação e muitas vezes pode ser confundida com táticas de negociação, mas há uma diferença clara.

Embora a negociação funcione com o objetivo de permitir que ambas as partes cheguem a um resultado acordado através de um compromisso mútuo, a persuasão é útil para fazer com que a outra parte concorde com o seu lado.

No entanto, ambas as habilidades funcionam juntas.

7 – Pensamento Crítico

O pensamento crítico é um componente importante da estratégia e da tomada de decisões. Para pensar criticamente, você precisa coletar e analisar cuidadosamente os fatos e usar suas observações para, a partir daí, avaliar a melhor escolha ou caminho.

Embora esta seja obviamente uma qualidade essencial para líderes e gestores, haverá situações no trabalho em que será obrigado a pensar criticamente numa emergência ou em que lhe será concedida mais autonomia sobre o seu trabalho, e estas competências entram necessariamente em jogo.

8 – Priorização e Gerenciamento do tempo

Gerenciamento de tempo significa que você sabe organizar sua agenda para realizar seus projetos no prazo e com eficiência.

Você consegue se concentrar bem no trabalho e gerenciar seu tempo para se manter produtivo, sem um gerente olhando por cima do seu ombro?

Sua agenda de trabalho deve servir de base quando se trata de gerenciamento de tempo, mas não basta.

Estabeleça metas diárias e semanais para o que você gostaria de realizar e não tenha medo de reservar um tempo em sua agenda para se concentrar nas suas atividades.

Você precisa, se deseja crescer profissionalmente, trabalhar com ferramentas de gerenciamento de projetos, para uma melhor gestão do tempo e priorização.

9 – Comunicação

Esta é uma categoria ampla; pode incluir desde a forma com que você conversa com um cliente, fornecedores e colegas até a forma como você transmite seu ponto de vista por whatsapp ou por e-mail.

A capacidade de se comunicar bem, ser claro e assertivo é essencial. E, agora que a maior parte da comunicação é feita por meio de e-mails, chats, vídeo ou teleconferências, fortes habilidades de comunicação são mais críticas do que nunca.

Avalie também suas habilidades de apresentação e oratória. Saber falar em público, seja um grupo pequeno ou grandes grupos vai colocar você em destaque na empresa.

10 – Mindset de crescimento

Afinal, o que é uma mindset de crescimento? Esse conceito foi introduzido pela primeira vez pela psicóloga Carol Dweck por meio de sua extensa pesquisa sobre conquistas, sucesso, motivação e mentalidade.

Mindset de crescimento é uma mudança revolucionária do tradicional “mindset fixo”. Pessoas com mindset fixo acreditam que suas habilidades são estáticas e imutáveis.

Isto pode criar barreiras auto-impostas e limitar o crescimento pessoal.

Já pessoas com mindset de crescimento aceitam desafios, veem o fracasso como uma oportunidade de melhorias e acreditam que seu potencial é ilimitado.

Não se trata apenas daquilo com que você nasceu; trata-se do esforço que você está disposto a fazer para transformar e crescer.

Essa é a magia do mindset de crescimento – ele capacita você a se tornar a melhor versão de si mesmo, não importa de onde você comece.

Por que é importante cultivar uma mentalidade de crescimento?

Cultivar o mindset de crescimento é crucial porque promove a resiliência, facilita a aprendizagem e estimula o sucesso.

Incentiva você a ver os desafios como oportunidades, melhorando a adaptabilidade e a capacidade de resolução de problemas.

Pessoas com mindset de crescimento entendem que, para atingir seus objetivos, precisam sair de sua zona de conforto, fazer um esforço maior e aprender com seus fracassos.

Ter mindset de crescimento transforma a maneira como você aborda desafios e contratempos, levando a níveis mais elevados de conquistas e satisfação.

Não se trata apenas de como você pensa, mas de como você age e reage às diversas situações que a vida apresenta. Uma mentalidade focada no aprendizado e no desenvolvimento permitirá que você veja o potencial de crescimento em cada experiência.

Profissionais com  mindset de crescimento são motivados a alcançar níveis mais elevados de realização, aprendendo continuamente novas habilidades para acompanhar um mercado em constante mudança.

Essa visão de mindset de crescimento incentiva a paixão pelo aprendizado, pelo novo, pela amplitude de conhecimento e é essencial para grandes realizações.

Já se sente mais motivado para preparar seu Plano de Ação e PDI  – Plano de Desenvolvimento Individual?

Sucesso em sua nova jornada rumo ao sucesso.

Ouça 3 episódios do nosso PitStop relacionado ao tema

CEO Fala Company | Master Coach | Especialista LinkedIn | + posts

Vera Lorenzo, CEO da Fala Company, é fluente em cinco idiomas e especialista em Coaching e Liderança, com mais de 30 anos de atuação. Mestre em oratória, possui cinco formações internacionais em Coaching, além de expertise em Storytelling, Design Thinking, Voice Coach, PNL e Assessment DISC + Valores. Vera também é autora dos livros “50 Coisas para Fazer Antes dos 50” e “Mulheres que Transformam I e II”.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e parcerias estratégicas

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e...

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização Eu tenho...

A importância do Compliance em Compras

A importância do Compliance em Compras Antes de iniciar esta...

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de Compras!

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de...
spot_imgspot_img
Vera Lorenzo
Vera Lorenzo
Vera Lorenzo, CEO da Fala Company, é fluente em cinco idiomas e especialista em Coaching e Liderança, com mais de 30 anos de atuação. Mestre em oratória, possui cinco formações internacionais em Coaching, além de expertise em Storytelling, Design Thinking, Voice Coach, PNL e Assessment DISC + Valores. Vera também é autora dos livros “50 Coisas para Fazer Antes dos 50” e “Mulheres que Transformam I e II”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui