FIFO, FEFO e LIFO, o que significam são essas siglas na Gestão de Estoque?

FIFO, FEFO e LIFO, o que significam são essas siglas na Gestão de Estoque?

O universo de Supply Chain é cercado de siglas e códigos que muitas vezes parecem uma sopa de letrinhas.

Entretanto, é fundamental que o profissional de Suprimentos e Logística conheçam muito bem seus significados para não tomarem decisões erradas ou serem mal interpretados.

Entre exemplos de acrônimos muito comuns na Logística, estão as metodologias FIFO, FEFO e LIFO utilizadas na Gestão de Estoque.

Mas você realmente sabe o significado e a aplicação de cada uma delas?

FIFO (First in, First out / Primeiro que entra, Primeiro que sai)

É uma metodologia de gerenciamento de estoque na qual os produtos que estão armazenados há mais tempo serão despachados primeiro, seja para clientes internos (produção, manutenção, outros departamentos) ou para clientes finais, usuários, filiais, distribuidores, etc.

Ou seja, é uma estratégia de armazenagem que visa a movimentação programada de produtos, priorizando a saída do item que chegou primeiro no estoque.

O objetivo desse método é garantir que o custo da mercadoria vendida e o custo do estoque remanescente estejam atrelados.

O FIFO é um peça-chave para o controle de qualidade, principalmente quando se trata de entrega ao consumidor final que poderá repetir ou não a compra na mesma empresa, e até recomendá-la aos amigos, de acordo com a qualidade que foi entregue seu pedido.

FEFO (First expire, First out / Primeiro que expira, Primeiro que sai)

Essa estratégia leva em consideração a validade do item estocado, priorizando a movimentação daqueles mais próximos a data de vencimento, sem importar com a ordem de qual foi estocado primeiro.

O FEFO é muito utilizado por varejistas de produtos alimentícios, cosméticos, remédios, produtos químicos e outros itens que possuem datas de validade curtas ou médias.

A vantagem dessa metodologia é a possibilidade de identificar antecipadamente os itens obsoletos. Através do FEFO é possível também mensurar o prejuízo que as possíveis perdas por validade podem gerar para a empresa.

LIFO (Last in, First out / Último que entra, Primeiro a sair)

O LIFO é usualmente aplicado em casos particulares e estrategicamente, de forma a garantir uma margem de segurança no giro de estoque.

O método LIFO é geralmente aplicado para produtos sem prazo de validade, e principalmente para mercadorias com maior resistência ao tempo aliado ao elevado potencial de vendas ou consumo interno.

Nesse sentido, é usual ser adotado o LIFO para produtos com alta demanda pelos consumidores finais, mas também pode ser aplicado para itens padronizados e com alta demanda das unidades fabris, manutenção e filiais, por exemplo.

Porém é necessário atenção no uso dessa estratégia, pois do ponto de vista contábil, pode não trazer grandes vantagens para a empresa, uma vez que a preferência de despacho de um item pode desvalorizar outros produtos armazenados, acarretando numa concorrência interna no estoque.

A utilização de cada metodologia (FIFO, FEFO, LIFO) vai depender da estratégia de vendas da empresa, sua gestão da área de manutenção, reparos e operações, assim como a natureza do negócio e dos produtos armazenados e, logicamente, o objetivo que o gestor de estoque pretende atingir.

O uso de softwares de gestão de estoque que permitam a programação de despachos de produtos de acordo com a estratégia de armazenagem, garantem a análise das operações em tempo real, mais assertividade na gestão da logística e, consequentemente, redução de custos e prejuízos com aumento de lucro para a empresa.

Gostou do Artigo? Compartilhe com seus amigos e amigas de Supply Chain.

Mentor de Carreira para Profissionais de Compras | + posts

Executivo de Supply Chain com especialização em projetos de Petróleo e Gás, projeto em MBA de Gestão de Suprimentos, Logística e Supply Chain e Mentor de Carreira para Profissionais de Compras.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Recursos Humanos e a Evolução do ESG

Recursos Humanos e a Evolução do ESG Você já se...

Não economize em sua carreira

Não economize em sua carreira Profissional de compras, o ano...

A Importância Vital de um CPO para o Sucesso em Procurement

A Importância Vital de um CPO para o Sucesso...

Desmistificando a Matriz Kraljic em Compras

Desmistificando a Matriz Kraljic em Compras: Um Guia Essencial...

Storytelling em Procurement! A Arte de Encantar e Persuadir em suas Negociações

Storytelling em Procurement! A Arte de Encantar e Persuadir...
spot_imgspot_img
Leonardo Rosa
Leonardo Rosa
Executivo de Supply Chain com especialização em projetos de Petróleo e Gás, projeto em MBA de Gestão de Suprimentos, Logística e Supply Chain e Mentor de Carreira para Profissionais de Compras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui