O Efeito Chicote nos Estoques Globais

O Efeito Chicote nos Estoques Globais.

Você conhece o Efeito chicote? ou bullwhip effect?

O “Efeito Chicote” tem chamado a atenção da mídia ultimamente. No entanto, as causas, efeitos e consequências para o mercado e a política monetária não são bem discutidos.

Para entender seu impacto no ecossistema financeiro e nos resultados das empresas, precisamos de uma definição do “Efeito Chicote:”

“O efeito chicote é um fenômeno de canal de distribuição em que as previsões de demanda geram ineficiências na cadeia de suprimentos.

Refere-se a oscilações crescentes no estoque em resposta a mudanças na demanda do consumidor à medida que se avança na cadeia de suprimentos.”

Ou seja, em resumo, por falta de total visibilidade da cadeia, se o varejo vende 10% mais, ele compra 15% mais do distribuidor que se estoca em mais 20% e compra 30% adicionais do fabricante que estoca 40% mais e produz mais e compra mais insumos e contrata mais gente…

Afeta toda a cadeia por isso é chamado efeito chicote em ondas, em altos e baixos mais em expansão…

E se a demanda cai depois?

O efeito reverso também é verdadeiro. E pode gerar no final rupturas se a demanda voltar a subir acima do planejado.

Historicamente, as empresas têm uma propensão a superestimar a força ou a fraqueza do consumidor.

Quando o consumo é forte, as empresas acreditam que é um estado indefinido e vice-versa. Portanto, pequenas mudanças no lado da demanda da equação tendem a levar a grandes mudanças no lado da oferta.

Pesquisas indicam que uma flutuação na demanda de 5 % será interpretada pelos participantes da cadeia de suprimentos como uma mudança de 40% na demanda.

Muito parecido com estalar um chicote, um pequeno movimento do pulso, mudança na demanda, pode causar um grande movimento na ponta do chicote – respostas dos fabricantes.

No ano passado, os varejistas superestimaram a demanda econômica, o que os levou a fazer pedidos em excesso de seus fornecedores e atacadistas.

Esses fornecedores e atacadistas, por sua vez, fizeram pedidos em excesso de seus próprios fornecedores.

Isso levou a um descompasso entre a demanda do consumidor e os estoques.

Os níveis de estoque inchados no Walmart (WMT), Target (TGT), Gaps (GPS) e outros varejistas são exemplos recentes desse “efeito chicote”, incluindo marketplaces.

O problema é visto no aumento maciço na relação entre estoque e vendas dos varejistas.

Isso explica estoques altos em toda Supply Chain e em vários países.

  • O que você está fazendo para mitigar ou minimizar isso?
  • Tem visibilidade de toda a sua Supply Chain e em Procurement em todos os
    tiers?

Fale com a Procurement Garage!

+55 11 4040-7391 | comercial@procurementgarage.com | Website | + posts

A Procurement Garage (PG) é uma consultoria que possui mais de 30 anos de expertise nas áreas de Procurement, Supply Chain e Logística.

Estamos empenhados em te ajudar a reduzir drasticamente as tarefas operacionais e melhorar a experiência nas interações com os fornecedores, stakeholders e liderança junto ao time de Suprimentos.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

FRAME AGREEMENT – Conceitos Fundamentais Parte 3

FRAME AGREEMENT – Conceitos Fundamentais Parte 3 Nos dois primeiros...

Podemos ir além de pedir descontos e negociar estrategicamente!

Podemos ir além de pedir descontos e negociar estrategicamente! Embora...

FRAME AGREEMENT – Conceitos Fundamentais Parte 2

Implementação do FRAME AGREEMENT – Conceitos Fundamentais Parte 2 No...

5 estratégias para Compras e Contratações para a área de Marketing!

5 estratégias para Compras e Contratações para a área...

FRAME AGREEMENT – Conceitos Fundamentais – Parte 1

FRAME AGREEMENT – Conceitos Fundamentais - Parte 1 FRAME AGREEMENT...
spot_imgspot_img
Procurement Garage
Procurement Garagehttps://procurementgarage.com/
A Procurement Garage (PG) é uma consultoria que possui mais de 30 anos de expertise nas áreas de Procurement, Supply Chain e Logística. Estamos empenhados em te ajudar a reduzir drasticamente as tarefas operacionais e melhorar a experiência nas interações com os fornecedores, stakeholders e liderança junto ao time de Suprimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui