Práticas de compras eficientes podem aumentar a vantagem competitiva da sua organização?

Práticas de compras eficientes podem aumentar a vantagem competitiva da sua organização?

Você sabia que práticas de compras eficientes podem aumentar a vantagem competitiva da sua organização?
Antes de explicar como, vamos começar falando sobre as Cinco Forças da Análise da Posição Competitiva de Porter.
Michael E. Porter, da Harvard Business School, que desenvolveu como uma estrutura para avaliar a força competitiva e a posição de uma organização.
Essa teoria é baseada no conceito de que existem cinco forças – barreiras à entrada, ameaça de substitutos, rivalidade, poder do fornecedor, poder do comprador – que determinam a intensidade competitiva e a atratividade de um mercado.
As Cinco Forças de Porter ajudam a identificar onde está o poder em uma situação de negócios.
Esse conceito é útil tanto para entender a força da atual posição competitiva de uma organização quanto para determinar se a organização deve estar aberta a entrar em novos mercados.
A análise das Cinco Forças ajuda as organizações a medir a intensidade da concorrência, atratividade e lucratividade em um setor específico e pode ajudar os executivos a tomar decisões informadas relacionadas a:
  • Se deve entrar em um setor específico
  • Se deve aumentar a capacidade em um setor específico
  • Desenvolvimento de estratégias competitivas
Não é surpreendente que duas das Cinco Forças – poder de barganha dos fornecedores e poder de barganha dos compradores – estejam diretamente relacionadas à função de compras de uma organização.
Aqui está o porquê.
Poder do fornecedor
O poder do fornecedor é uma avaliação de quão fácil é para um fornecedor aumentar os preços. É impulsionado por:
  • O número de fornecedores disponíveis para cada produto ou serviço essencial que a organização precisa
  • A distinção de seu produto ou serviço
  • O tamanho relativo e a força do fornecedor
  • O custo de mudar de um fornecedor para outro

Poder do comprador

O poder do comprador é uma avaliação de quão fácil é para os compradores baixarem os preços. É impulsionado por:
  • O número de compradores no mercado
  • A importância de cada comprador individual para a organização
  • O custo para o comprador de mudar de um fornecedor para outro
  • O objetivo fundamental de todas as atividades de sourcing e compras é utilizar o mercado externo e os fornecedores de maneira otimizada para obter uma vantagem competitiva.
Cada item ou serviço adquirido deve contribuir, direta ou indiretamente, para o posicionamento competitivo.
O ponto principal aqui, de acordo com Reginald Peterson, diretor de programas de suprimentos indiretos da Corcentric, é que, para melhorar a vantagem competitiva de sua organização por meio de compras, os objetivos de cada departamento de compras devem ser simplesmente comprar tudo o que a organização precisa melhor do que seus concorrentes.
Seu departamento de compras deve tomar as seguintes medidas para aumentar a vantagem competitiva de sua organização:

Abrace a inovação

Cada vez mais, os profissionais de compras estão sendo solicitados a não apenas possuir as habilidades necessárias para reduzir custos, satisfazer metas de responsabilidade social – ESG, gerenciar relacionamentos com fornecedores e gerenciar riscos, mas agora espera-se que sejam inovadores para obter uma vantagem competitiva.

A contribuição do setor de compras para a inovação pode ocorrer na fase de desenvolvimento do produto, pois 70 a 80% do custo de um produto ou serviço é determinado durante a fase de projeto ou especificação, o que tem impacto direto na vantagem competitiva da organização no mercado.

Além disso, a inovação dentro do departamento de compras pode melhorar toda visibilidade do Spend via um E-Procurement BSM

Essas ferramentas tornaram-se mais vitais do que nunca para a aquisição eficiente de bens e serviços, com alta produtividadee redução do TCO.

Processos de Compras eficientes e eficazes podem proporcionar melhorias rápidas, mas tangíveis, no P&L e aumentar a agilidade do processo de aquisição.

Os fornecedores são fundamentais para o sucesso de uma organização, mas a falta de confiança entre comprador e vendedor é mais comum do que nós (profissionais de compras) gostamos de admitir.

Além disso, você não pode aumentar a participação e fidelização de fornecedores sem incorporar práticas de otimização de fornecedores.

Como a maioria das empresas compra 80% de seus bens e serviços em 20% de seus fornecedores, é fundamental que cada departamento de compras encontre tempo para promover relacionamentos reais com seus principais fornecedores para obter benefícios sustentáveis.

Minimize as práticas de compras Maverick

Ter visibilidade de gastos para todas as atividades de compra oferece a capacidade de reduzir os custos e melhorar o relacionamento com as partes interessadas e buscando melhorias contínuas.

Reconheça o Procurement como um influenciador em toda a organização:

O Procurement não pode ser eficiente se gerenciar custos em um ambiente altamente descentralizado.

Esse estilo de gestão reduz a vantagem competitiva da organização e aumenta os custos operacionais.

Portanto, cada vez mais, os líderes de compras estão sendo convidados para a mesa do C Level porque os executivos entendem que as compras estão evoluindo de uma função de back-office para uma operação comercial respeitada que é fundamental para a vantagem competitiva de uma organização.

Os CPOs podem ter forte impacto na lucratividade de uma empresa. Um estudo da PG mostrou que as organizações que possuem departamentos de compras de alto desempenho relatam margens de lucro de 17,12% superior, em oposição a 3,38% para aquelas com organizações de compras de baixa maturidade.

Seguir essas etapas transformará seus processos de Compras em uma vantagem competitiva para toda a organização.

Leonardo Alexander
Mais de 30 anos de experiência sendo Head de Suprimentos na AmBev/AB-InBev, P&G (Consumer Goods), B. Braun (Farma) e LATAM Head of Supply Chain Planning & Performance na BP (British Petroleum). Graduado em comércio exterior, extensão pela Columbia University e MIT ACE Program.

ARTIGOS RELACIONADOS

spot_img

MAIS ARTIGOS

7 passos para se ter sucesso no Strategic Sourcing

7 passos para se ter sucesso no Strategic Sourcing Como você desenvolve e nutre parcerias...

Qual a diferença entre TOTAL COST OF OWNERSHIP e...

Qual a diferença entre TOTAL COST OF OWNERSHIP e COST BREAKDOWN? TOTAL COST OF OWNERSHIP...

Quer tirar ideias do papel profissional de Compras? Conheça...

Quer tirar ideias do papel profissional de Compras? Conheça os métodos de Elon Musk! Quer...

As competências essenciais do comprador estratégico – Gestão do...

As competências essenciais do comprador estratégico - Gestão do Tempo No artigo anterior, Comprador Estratégico...

COMPRAS – Uma das áreas mais estratégicas da sua...

COMPRAS – Uma das áreas mais estratégicas da sua empresa! Compras ou Suprimentos, mais conhecidos...

Procurement e Purchasing – Quais são as diferenças?

Saiba por que Procurement e Purchasing não são a mesma coisa e como suas...

MAIS ACESSADOS

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui