Entrevista com Marcele Leão Schmidt

Entrevista com Marcele Leão Schmidt – Senior Consultant Procurement Garage

Blog na Garage entrevistou a Marcele Leão Schmidt – Senior Consultant Procurement Garage

Pergunta 1

BNG: Baseado na sua experiência em grandes empresas seja como Procurement Manager ou Consultora, como você tem percebido a adoção do Strategic Sourcing?

Marcele Leão Schmidt:  Eu vejo um movimento ainda tímido das empresas em adotar a metodologia do Strategic Sourcing em suas áreas de compras. A aplicação da metodologia está muito ligada a maturidade da área e o quanto as empresas enxergam a sua área de compras como estratégica.

De um modo geral, vejo que as empresas estão buscando estruturar seus processos, treinar as equipes, trazer ferramentas/metodologia e sistemas que possam auxiliar na redução das atividades operacionais da área. No entanto, a implantação de um programa estruturado de Strategic Sourcing e o engajamento da equipe, ainda está em segundo plano. O que eu quero dizer, é que, infelizmente, o Strategic Sourcing ainda está muito mais no papel, do que na prática.

O Strategic Sourcing é uma grande metodologia que permite ao comprador entender a categoria que compra, o mercado fornecedor, como a sua empresa está inserida neste mercado e como podemos trazer vantagens competitivas para a empresa. Por isso, deveria estar mais presente no dia-a-dia dos compradores.

 

Pergunta 2

BNG: Quais são os maiores desafios na implantação do Strategic Sourcing e por que?

Marcele Leão Schmidt: Os desafios na implantação do Strategic Sourcing são muitos. Entre eles, destaco dois grandes desafios: a falta de conhecimento dos compradores acerca da metodologia e a falta de patrocínio das lideranças.

Em muitas empresas, a área de compras ainda não é vista como estratégica (grande erro!). Ainda somos vistos como “tiradores de pedidos” por nossos clientes internos, ou como “pedidores de desconto” pelos nossos fornecedores. Temos que mudar esta visão! Como diz, o Leonardo Alexander (Léo da PG): somos front office.

Eu tive a oportunidade de trabalhar em grandes empresas, as quais a área de compras é vista como estratégica. Estas empresas me deram oportunidade de dedicar parte do meu tempo em aplicar a metodologia do Strategic Sourcing. Porém, também dediquei muitas horas fora do meu horário de expediente para aprender.

Trabalhei em empresas menores, onde o Strategic Sourcing não era utilizado. Em uma delas, consegui implantar a metodologia com sucesso, e em outra, a barreira por mudanças era muito grande.

Não é fácil!

Muitas vezes não seremos estimulados a ser estratégicos pelas nossas lideranças, ou mesmo pela cultura da empresa. Você terá muitas razões (ou desculpas) para deixar de buscar conhecimentos e experiências que podem impulsionar sua carreira, seja dentro da empresa que você está, seja no mercado de trabalho. A escolha sempre será sua. O patrocínio é importante, mas a responsabilidade pelo desenvolvimento não pode ser delegada. Então, se prepare, aprenda, reaprenda… Essa deve ser a mentalidade de quem trabalha na área de compras, pois os desafios todos os dias batem à nossa porta.

Pergunta 3

BNG: Você entende que apenas multinacionais e grandes empresas conseguem benefícios com a metodologia do Strategic Sourcing ou pequenas e médias empresas também deveriam adotá-la?

Marcele Leão Schmidt: Todas as empresas, independentemente do tamanho, tiram vantagens competitivas na adoção da metodologia. O Strategic Sourcing é uma metodologia estruturada que nos permite trabalhar em várias frentes e trazer resultados significativos e sustentáveis.

Normalmente as empresas multinacionais e de grande porte, tem processos de compras maduros e mais recursos do que as pequenas e médias empresas. Por isso, vemos mais cases de sucesso em empresas maiores.

O desafio das pequenas e médias empresas para implantar a metodologia é a estrutura enxuta que normalmente tem as áreas de compras. Mas, isso pode ser facilmente resolvido com a contratação de consultorias, inclusive para alavancar retornos financeiros que justifique o investimento.

Pergunta 4

BNG: Como em qualquer implantação de projetos, é necessário ter um acompanhamento próximos das atividades para o devido gerenciamento. Que KPIs devem ser utilizados e como medi-los?

 

Marcele Leão Schmidt: Com certeza, como em qualquer projeto, precisamos fazer a gestão. Assim como temos objetivos e resultados a atingir.

Ou seja, precisamos de metas SMART (específica, mensurável, atingível, relevante e temporal), de KPIs que possam ser medidos de forma assertiva e alinhados com as diretrizes da empresa.

Por sua vez, o controle dos KPIs nos ajuda a avaliar se estamos no caminho certo, ou se precisamos corrigir a rota. É imprescindível focar na qualidade dos KPIs e não quantidade. Precisamos definir KPIs que agregam valor para área e para empresa.

A gestão do Strategic Sourcing, em empresas que possui um programa estruturado, utiliza uma agenda anual das negociações (Annual Sourcing Plan) e estabelecem KPIs como saving e/ou custo evitado, prazo médio de pagamento, quantidade de itens sob contrato, entre outros indicadores.

Pergunta 5

BLOG NA GARAGE: Todos os setores estão sendo impactados pelas inovações tecnológicas, você entende que a metodologia de Strategic Sourcing pode tirar vantagens dessa nova era?

Marcele Leão Schmidt: O Strategic Sourcing já vem, a algum tempo, tirando vantagens das inovações tecnológicas. Hoje temos muitos dados disponíveis, seja interna ou externamente. Os avanços tecnológicos tem permitido que esse alto volume de dados (Big Datas) sejam processados em menor tempo e transformados em informações que auxiliam em melhores negociações e na tomada de decisão.

Essas informações são muito importantes para entendermos a categoria que está sendo analisada, seja no Spend Analysis, na Análise do Mercado ou em outras fases do Strategic Sourcing.

No entanto, o maior desafio é termos uma boa base de dados e profissionais capacitados para analisar as informações geradas. Cada vez mais, precisamos de profissionais críticos, criativos, que atuem na solução de problemas e que tragam oportunidades que agreguem valor para empresa.

Entre as inovações tecnológicas, podemos destacar a automatização dos processos. A utilização de E-Procurements, RPAs e IA, está ajudando a reduzir a carga operacional da área de compras, permitindo aos compradores se dedicarem a atividades mais estratégicas.

Pergunta 6

BNG: Quais dicas vocês podem dar para nossos leitores que conhecem ou desejam aprender sobre o Strategic Sourcing?

Marcele Leão Schmidt: Já escutei muito nas empresas por onde passei e continuo a escutar nas empresas que atuo hoje como consultora, frases do tipo: “Não tenho tempo para me dedicar a estratégia, preciso abastecer a fábrica”, ou ainda, “Não tenho o patrocínio”.

Essas e outras frases, são “desculpas verdadeiras”, mas limitantes para seu desenvolvimento. A responsabilidade do desenvolvimento profissional não deve ser delegada à empresa.

Tenha em mente que “conhecimento é poder”.  O mundo de hoje exige atualização contínua, pois estamos em mudança constante. O desenvolvimento profissional e a busca por conhecimento precisa ser um hábito.

Por isso, para aqueles que conhecem a metodologia do Strategic Sourcing, a dica é: não parem de aplicar e de se atualizar! E para aqueles que não conhecem, está na hora de conhecer, e muito mais que isso, aplicar.

Tenho certeza que vão gostar!

Mentor de Carreira para Profissionais de Compras | + posts

Executivo de Supply Chain com especialização em projetos de Petróleo e Gás, projeto em MBA de Gestão de Suprimentos, Logística e Supply Chain e Mentor de Carreira para Profissionais de Compras.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Importância do Saneamento de Cadastros de Materiais e Serviços

Importância do Saneamento de Cadastros de Materiais e Serviços Devemos...

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e parcerias estratégicas

Inovação aberta em compras: a importância da colaboração e...

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização

Soft Skills: A Diferença Entre Estagnação e Realização Eu tenho...

A importância do Compliance em Compras

A importância do Compliance em Compras Antes de iniciar esta...

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de Compras!

Os Desafios na Coordenação e Gerenciamento de Equipes de...
spot_imgspot_img
Leonardo Rosa
Leonardo Rosa
Executivo de Supply Chain com especialização em projetos de Petróleo e Gás, projeto em MBA de Gestão de Suprimentos, Logística e Supply Chain e Mentor de Carreira para Profissionais de Compras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui