O que não pode faltar em uma Política de Compras

O que não pode faltar em uma Política de Compras

Uma política de compras completa é um documento fundamental para garantir a eficiência, a transparência e a ética nas compras de bens e serviços de uma organização.

Ela deve ser elaborada de forma clara, concisa e acessível a todos os envolvidos no processo de compras.

Elementos essenciais para uma política de compras

1 – Abrangência

A política de compras deve abranger todos os tipos de compras realizadas pela organização, desde pequenos itens de escritório até grandes projetos de capital. Ou seja Capex e Opex.

2 – Objetivos

A política deve definir os objetivos da organização em relação às suas compras, como:

  • Obter o melhor valor pelo menor TCO;
  • Garantir a qualidade dos produtos e serviços;
  • Promover a concorrência justa entre os fornecedores;
  • Assegurar a ética e a transparência no processo de compras;
  • Atender ao ESG;

3 – Definições

A política de compras deve definir bem os termos utilizados no processo de compras, tais como:

  • O processo de compras;
  • A relação com o fornecedor desde a homologação;
  • O processo de sourcing – BID;
  • O processo de contratação e ciclo de vida;
  • A avaliação de desempenho dos fornecedores;

4 – As etapas do processo de compra

  • Os critérios de seleção de fornecedores e award;
  • As medidas de controle e acompanhamento do processo;
  • O cronograma e as partes envolvidas – papéis e responsabilidades;

5 – Responsabilidades

  • Do departamento de compras;
  • Dos fornecedores;
  • Dos clientes internos e demais áreas.

6 – Sanções e Premiação

A política deve estabelecer sanções para o caso de descumprimento de suas normas e a premiação por excelente performance.

7 – Revisão e Atualização

A política de compras deve ser revisada e atualizada periodicamente para garantir que esteja em consonância com as necessidades da organização.

8 – Código de Conduta

A política pode ser complementada por um código de conduta que estabeleça princípios éticos para o comportamento dos envolvidos no processo de compras.

9 – Treinamento

É importante oferecer treinamento para todos os envolvidos no processo de compras sobre a política de compras e o código de conduta.

10 – Monitoramento e Avaliação

A organização deve monitorar e avaliar o cumprimento da política e tomar medidas corretivas quando necessário.

Conclusão

Uma política de compras completa é um instrumento essencial para garantir a eficiência, a transparência e a ética.

Dicas para os especialistas em Procurement

Ao elaborar a política de compras, consulte as melhores práticas de mercado e busque a participação de diferentes áreas da organização.

  • Utilize uma linguagem clara e concisa, evitando termos técnicos que possam dificultar a compreensão do documento.
  • Divulgue a política de compras para todos os envolvidos no processo de compras e ofereça.

A política de compras é um documento vivo que deve ser adaptado às necessidades específicas de cada organização.

CEO at Procurement Garage | leonardo.alexander@procurementgarage.com | + posts

Mais de 30 anos de experiência sendo Head de Suprimentos na AmBev/AB-InBev, P&G (Consumer Goods), B. Braun (Farma) e LATAM Head of Supply Chain Planning & Performance na BP (British Petroleum).

Graduado em comércio exterior, extensão pela Columbia University e MIT ACE Program.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Entrevista com Ramon Farias

Entrevista com Ramon Farias O Blog na Garage entrevistou o...

Recursos Humanos e a Evolução do ESG

Recursos Humanos e a Evolução do ESG Você já se...

Não economize em sua carreira

Não economize em sua carreira Profissional de compras, o ano...

A Importância Vital de um CPO para o Sucesso em Procurement

A Importância Vital de um CPO para o Sucesso...
spot_imgspot_img
Leonardo Alexander
Leonardo Alexander
Mais de 30 anos de experiência sendo Head de Suprimentos na AmBev/AB-InBev, P&G (Consumer Goods), B. Braun (Farma) e LATAM Head of Supply Chain Planning & Performance na BP (British Petroleum). Graduado em comércio exterior, extensão pela Columbia University e MIT ACE Program.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui