Aspectos Gerais da Terceirização na Visão de Compras

Aspectos Gerais da Terceirização na Visão de Compras

A terceirização é um tema frequente no mundo corporativo.

Essa é uma prática comum em diversas organizações independente do ramo de atividade, quando identificam vantagens ou necessidades em contratar outras empresas para realizar serviços específicos.

Recente pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostrou que mais 60% das indústrias brasileiras utilizam serviços terceirizados.

As terceirizações estão mais concentradas nas áreas de segurança, logística, instalação e manutenção de equipamentos. A redução de custos foi a principal justificativa para terceirização.

Em 2018 um estudo realizado pelo Perfil dos Trabalhadores Terceirizados no Brasil mapeou cerca de 12 milhões de pessoas ligadas a empresas terceirizadas, o que comprova a força desse modelo de negócio

Por que terceirizar?

Um dos motivos frequentes para a terceirização é o modelo que a empresa toma para gestão direta das atividades relacionadas ao seu negócio.

Muitas organizações preferem concentrar seus recursos (humanos e financeiros) ao core business, ou seja, a atividade central da empresa, e abrir mão das atividades indiretas.

Outra motivação está relacionada ao crescimento. À medida que uma empresa cresce, as demandas aumentam proporcionalmente.

Portanto, cabe aos gerentes decidirem se devem investir na contratação de novos funcionários ou contratar empresas especializadas para atender algumas necessidades específicas.

Em ambos os casos, a terceirização pode tornar a empresa mais comprometida com os resultados, porém é necessário não negligenciar a gestão de terceiros para que não haja perda de qualidade no serviço prestado e que os valores previamente acordados não se excedam, ao ponto de comprometer a estratégia de terceirização.

Quais as Vantagens da Terceirização?

Foco no core business

Quando uma empresa decide terceirizar o “middle business”, seu foco volta-se para as atividades que realmente trazem resultados e lucros para a empresa.

Assim concentra seus recursos na sua atividade principal e nas estratégias necessárias para seu crescimento no mercado, e consequentemente, a gestão da companhia se empenha no desenvolvimento dos colaboradores para entregarem resultados melhores e diferenciados.

Aumento da Produtividade

Quando a empresa terceiriza serviços auxiliares, a tendência natural é o aumento do ritmo de trabalho e foco para soluções, busca de alternativas e resoluções de problemas.

Essa melhoria na produtividade resulta em uma melhoria na qualidade dos serviços oferecidos pela empresa terceirizada e na confiança do relacionamento.

Otimização de Mão de Obra

A terceirização possibilita a otimização de atividades que trazem melhores resultados para a empresa.

Uma vez que os processos e atividades são devidamente divididos e de acordo com os requisitos, os colaboradores agem de forma mais objetiva, sem desperdiçar tempo em atividades marginais.

Na Gestão de Compras, os profissionais passam a se concentrar nas aquisições estratégicas, críticas e alavancáveis, porém mantendo-se atento a qualquer variação de custo que possa tornar a terceirização desinteressante.

Economia

Uma das principais razões para a terceirização é a redução de custos.

A terceirização se sustenta mediante muitos fatores, mas “saving” é a principal delas.

Nenhuma proposta de terceirização se vende sem previsão de economia. Por isso é muito importante que o Comprador perceba quais serviços assumidos pela sua empresa podem ser terceirizados trazendo resultados no curto e médio prazo.

Quais os Pontos de Atenção na Terceirização?

Controle

Para não perder a qualidade do serviço terceirizado, é necessário diligenciamento de contrato.

Ou seja, a empresa precisa definir Acordos de Nível de Serviço (SLA) e Indicadores de Desempenho que garantam que a terceirizada manterá a provisão dos serviços de acordo com o negociado.

Portanto, ao Comprador cabe garantir a qualidade dos fornecedores que farão parte do processo de concorrência do serviço terceirizado e a área requisitante, gerenciar prontamente o fornecedor contratado.

Gestão de pessoas

A escolha do parceiro terceirizado depende da garantia do trabalho oferecido.

Não é porque uma atividade foi terceirizada que os prestadores do serviço não devam ser responsabilizados.

Ao contratar trabalhadores externos, é preciso deixar claro todos os critérios de gestão de pessoas, desde a padronização de uniformes, identificação, postura, comportamento, bem como os resultados esperados dos funcionários.

O padrão de qualidade da terceirização deverá ser mantida não somente pelo serviço em si, mas também pelo critério de atendimento dos funcionários terceirizados. Logo, cabe a empresa contratante diligenciar isso de perto.

Impacto na Atmosfera de Trabalho

A falta de planejamento na ocasião da terceirização pode prejudicar os resultados que a empresa deseja.

Como parte dos serviços atualmente executados pelos funcionários da própria empresa serão terceirizados, o ambiente de trabalho pode ser prejudicado e a eficiência da empresa pode ser reduzida, seja por tensão, desmotivação, incerteza, etc.

Ao gestor responsável pelo contrato caberá uma boa comunicação junto aos colaboradores.

Dependência

A terceirização gera risco de dependência da empresa contratantes e das contratadas. É importante perceber que atividades podem ser terceirizadas, sem que a empresa fique refém de um único fornecedor.

Além disso, contratos de longo prazo não devem ter cláusulas de renovação ou reajuste automáticos.

E mesmo que um serviço esteja sendo executado acima da expectativa, é fundamental que o Setor de Compras esteja sempre realizando pesquisas de mercado para garantir que os valores cobrados estão condizentes com a realidade.

Agora que você já entendeu os aspectos gerais da Terceirização, sugiro que leia sobre “A Nova Lei da Terceirização Trabalhista” — Lei n.º 13.429/217 —, sancionada em março de 2017, que trouxe significativas mudanças nas relações empregatícias e na forma de contratação.

Forte abraço,

Mentor de Carreira para Profissionais de Compras | + posts

Executivo de Supply Chain com especialização em projetos de Petróleo e Gás, projeto em MBA de Gestão de Suprimentos, Logística e Supply Chain e Mentor de Carreira para Profissionais de Compras.

spot_imgspot_img

Receber Newsletter

Artigos Relacionados

Você já ouviu falar sobre o Efeito Dominó em Compras?

Você já ouviu falar sobre o Efeito Dominó em...

Mindset dos Vendedores em Relação aos Compradores Profissionais

Mindset dos Vendedores em Relação aos Compradores Profissionais: Um...

A Importância do Change Management na Transformação Digital de Procurement

A Importância do change management na transformação digital de...

5 principais irregularidades encontradas durante a fiscalização de contratos e como mitigá-las

5 principais irregularidades encontradas durante a fiscalização de contratos...

Aplicando o Kanban em Procurement!

Aplicando o Kanban em Procurement! Um guia para otimizar...
spot_imgspot_img
Leonardo Rosa
Leonardo Rosa
Executivo de Supply Chain com especialização em projetos de Petróleo e Gás, projeto em MBA de Gestão de Suprimentos, Logística e Supply Chain e Mentor de Carreira para Profissionais de Compras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui